Recentemente, Kate e William celebraram quatro anos de casamento. O casal já tem dois herdeiros: George e Charlotte; mas, apesar de a princesa ter nascido há cerca de um mês, há rumores que indicam que os duques já estão a ser pressionados por alguns membros da família para terem um terceiro filho. No entanto, os dois pretendem ter autonomia nas opções que fazem para a sua família e foi por isso que se mudaram para o campo, a fim de terem mais privacidade. Em entrevista à BBC, William até disse que é a esposa que manda em casa.

A forma descontraída com que os duques de Cambridge se apresentam nos seus compromissos oficiais e o modo como interagem com os súbditos conquistam a simpatia dos britânicos.

Publicidade
Publicidade

O casal quer acompanhar de perto o crescimento e a educação dos filhos e, por isso mesmo, não querem que as crianças fiquem muito tempo ao cuidado das amas.

Enquanto Kate ainda se encontra em casa a gozar a licença de maternidade, apesar de a rainha já a ter pressionado a voltar aos compromissos oficiais, William já está a trabalhar. O príncipe tem um emprego normalíssimo: é piloto de helicópteros-ambulância. Algumas das escolhas do casal não agradam à monarca, que tenta impôr a sua vontade, mas os duques de Cambridge procuram não ceder.

Em entrevista recente ao canal de televisão BBC, William afirmou que, apesar de George ainda ser muito novo, adorava poder levá-lo a assistir a um jogo de futebol. Mas tal só pode acontecer se a esposa der permissão.

O príncipe é adepto do Aston Villa e expressou o desejo de ver o filho tornar-se um adepto deste clube.

Publicidade

Na sua primeira entrevista após o nascimento da filha, o duque de Cambridge contou que decidiu torcer pelo clube de Birmingham quando andava na escola, revelando que não queria apoiar as grandes equipas que os seus amigos idolatravam. Por isso, espera que também os filhos venham a ser do mesmo clube.

William tem demonstrado ser muito parecido com a mãe em vários aspectos e procura dar continuidade ao que Diana foi e gostaria que os filhos fossem. A escolha de um trabalho na área do serviço de emergência pode estar relacionada com estas semelhanças de personalidade. #Famosos #Personalidades