As regras de etiqueta ditam que a anfitriã, neste caso Elizabeth II (Isabel II), deve começar sempre a conversa com o convidado sentado ao seu lado direito. De acordo com o jornal britânico Telegraph, as restantes pessoas devem adotar o mesmo comportamento. Só quando a refeição estiver a meio é que a anfitriã deve dirigir-se à pessoa sentada ao seu lado esquerdo. Mais uma vez, os restantes convidados acompanhar o gesto.

As aparentes quebras de protocolo de Lewis Hamilton acabaram por levar a rainha de Inglaterra a intervir e o privilégio de almoçar com a monarca acabou por se tornar num momento embaraçoso para o conceituado piloto de Fórmula 1.

Publicidade
Publicidade

O britânico de 30 anos foi condecorado em 2009, com uma medalha da Ordem do Império Britânico.

A repreensão insólita aconteceu logo no início do almoço, devido à falta de modos do piloto. "Estava entusiasmado e comecei a falar com ela, mas ela apontou para a minha esquerda e disse 'não, falas primeiro para aquele lado e eu falo primeiro para este, depois volto a falar contigo'", revelou Lewis Hamilton num programa da estação pública BBC.

No entanto, não é a primeira vez que um convidado da monarca britânica fica numa situação embaraçosa por violar o rígido protocolo que define as formas como deve interagir com a rainha. Michelle Obama, em 2009, abraçou Elizabeth II durante uma visita de Estado. A primeira-dama dos Estados Unidos da América surpreendeu toda a gente com o seu gesto, uma vez que a realeza britânica não é apologista do toque em público, especialmente a rainha.

Publicidade

Aos 90 anos de idade, Elizabeth II é a monarca mais velha do mundo, logo seguida pelo rei da Tailândia, Bhumibol Adulyadej, e o sultão da Malásia, Abdul Halim Muadzan, ambos com 87 anos. A rainha é responsável pela coroa inglesa desde 1952, estando a apenas três meses de se tornar a monarca há mais tempo na monarquia britânica, ultrapassando a sua avó, a rainha Victoria, que reinou 62 anos e 216 dias. Do casamento com o duque de Edimburgo resultaram quatro filhos: os príncipes Ana, Carlos, André e Eduardo.

O momento insólito surge na mesma semana em que também a Guarda Real britânica protagonizou mais um vídeo que está a fazer furor nas redes sociais. O vídeo publicado no Youtube mostra um turista a imitar um dos elementos da Guarda Real. Nada de anormal até aqui. Mas quando o homem coloca a mão no ombro do guarda, este reage e grita-lhe para se afastar.  #Curiosidades