A série da HBO, "Guerra dos Tronos", continua a ser uma das mais vistas de sempre. Este domingo foi emitido nos Estados Unidos o último episódio da quinta temporada repleto de grandes emoções e mortes, como já é habitual. Este episódio rebentou com a escala da audiências, tornando-se no mais visto por mais pessoas, mesmo com as finais da NBA na maioria do país. Em Portugal, o episódio foi emitido na segunda-feira no SyFy, uma hora mais tarde do que o previsto, devido à estreia de uma nova série.

De acordo com Nielsen, no que diz respeito às audiências em tempo real, estima-se que a "Guerra dos Tronos" tenha tido 8.11 milhões de espectadores, mais 14% que o episódio da semana passada (7.14 milhões) e o final da quarta temporada, que terminou por esta altura no ano passado (7.09 milhões). Em abril deste ano, aquando da estreia da quinta temporada, a série atingiu também um pico alto de espectadores com cerca de oito milhões de pessoas, só nos Estados Unidos.

Tendo em conta o aumento constante de espectadores nos serões de domingo à noite nos Estados Unidos, e de segunda-feira em Portugal, a série, que já foi considerada um "nicho", está a tornar-se no segundo programa mais popular do cabo, mesmo atrás da série da AMC, "The Walking Dead".

Depois do número de espectadores baixar para 2.2 milhões em 2011, o último episódio da primeira temporada da "Guerra dos Tronos" aumentou para três milhões e logo de seguida subiu para os quatro milhões no final da segunda temporada. Contudo, durante a terceira temporada, ultrapassou os três milhões de telespectadores pela primeira vez e depois os quatro milhões na estreia da quarta temporada no ano passado. Foi durante a última temporada que atingiu os 7 milhões e depois é ultrapassado pela quinta temporada com 7.997 milhões.

O último episódio da quinta temporada atingiu o seu auge com a morte de Jon Snow. Imediatamente, os fãs manifestaram-se nas redes sociais e já há suposições de que irá renascer como nos livros. A "Guerra dos Tronos" continua a ser a série mais pirateada de sempre. #Televisão #Séries