A série "Friends" vai ser transmitida na integra no Netflix dentro em breve. A série, que esteve no ar há mais de dez anos, foi uma das mais pirateadas de sempre. Como tal, a Warner Brothers (WB) está a contactar todos os que fizeram o download ilegal da sitcom através de um email. A empresa diz que está na altura de ser recompensada pelos danos da pirataria, estando a cobrar 20 dólares a quem fez o download ilegal nos últimos tempos.

A sitcom americana, criada por David Crane e Marta Kauffman, foi emitida pela NBC entre 22 de setembro de 1994 e 6 de maio de 2004. A série, que girava em torno de um grupo de amigos que viviam em Manhattan, na cidade de Nova Iorque (EUA), contava com um total de 236 episódios. "Friends" foi produzida por Bright Kauffman, Crane Productions, em associação com a Warner Brothers e é considerada uma das mais vistas de sempre.

No email enviado aos infratores, a Warner Brothers acusa-os de descarregarem e partilharem o episódio "The One With Five Steaks And An Eggplant", da segunda temporada da sitcom. O episódio em questão, foi emitido em outubro de 1995. Segue também no email um link para um acordo onde diz que o "pirata" fica livre de todas as acusações caso pague a quantia de 20 dólares e que, ao pagar a mesma, fica ainda habilitado "a receber no futuro conteúdo digital oferecido pela WB".

Segundo a carta que foi publicada pelo Torrent Freak, caso os infratores optem por ignorar a mensagem enviada pela empresa, podem contar com a suspensão do seu serviço ISP e podem ainda ser alvo de penalidades civis pela violação dos direitos de autor. A Warner Brother diz, no e-mail enviado a um suposto "pirata", que "aprecia e compreende que sejam fãs dos seus conteúdos" mas que "o upload e o download do seu conteúdo com direitos registados é um assunto sério". A empresa afirma ainda que o preço a pagar pela infração é bastante significativo tendo em conta os danos que a WB sofreu.

Este caso é semelhante ao da série "Guerra dos Tronos", onde os primeiros quatro episódios da quinta temporada foram disponibilizados online mesmo antes de serem emitidos. A HBO identificou todos os que viram ilegalmente os episódios e enviou, também. avisos aos infratores. #Televisão #Séries