A notícia que Zayn Malik tinha traído Perrie Edwards na Tailândia com Lauren Richardson correu o mundo em março. Após a polémica, Zayn saiu da banda o que fez com que a foto em que ele aparece com a loira tatuada fosse o motivo para que ele tomasse essa decisão. Agora, Lauren falou sobre a fotografia pela primeira vez e diz que nunca se envolveu com Malik. Em Maiorca, ela deu uma entrevista ao MailOnline, para a promoção do reality show 'Love Island' da ITV2, que terá lugar na ilha espanhola.

"Foi tudo exagerado. A fotografia era só uma fotografia", disse. "Eu fui ao clube noturno onde ele estava, sem saber que ele estava lá. Eu fui lá porque tinha bar gratuito durante três horas. Era essa a razão para eu estar lá", acrescentou Lauren. "Eles estavam na secção VIP e eu consegui entrar lá. Eu até disse aos meus amigos que não sabia como entrei lá porque eu parecia uma mendiga. A usar uns calções (...) o cabelo preso num coque, sem maquilhagem", confessou Richardson. "Estivemos [Lauren e os amigos] a dançar na área VIP um pouco e eu fui lá pedir uma fotografia. Não houve problema e eu tirei a fotografia. Depois publiquei a minha fotografia e depois tudo ficou uma loucura. Por isso não há nenhuma história por trás disso, o que eu penso que toda a gente estava morta por ouvir. Foi só uma fotografia", disse ao MailOnline.

A britânica de 26 anos, que confessa estar solteira há mais de 3 anos, diz que a reação das fãs dos #One Direction foi algo que ela não conseguiu prever. "Foi muito intenso porque quando publiquei aquela fotografia elas disseram coisas como 'Odiamos-te' e 'Devias morrer, és uma destruidora de lares'. Elas puseram fotografias de armas e disseram 'Partilha a tua localização, queremos ver-te. Vamos perseguir-te.' Foi bastante extremo na época e os meus amigos disseram para desligar as notificações, é a melhor forma de tentar ignorar isso. Mas cada fotografia que eu punha era uma onda de ódio contra mim".

Lauren confessa ainda que ficou chocada por saber que ficou associada à saída de Zayn dos One Direction, poucos dias depois da fotografia ser publicada online. "O meu patrão disse-me que ele tinha saído da banda e que eu devia ir direta a casa antes de ser associada a isso. E então veio a segunda parte do abuso. As pessoas diziam: 'Foi culpa tua, tu fizeste-o sair e stressaste-o quando publicaste aquela imagem'. Eu tentei não levar a peito porque não foi culpa minha que ele tenha deixado a banda", concluiu a concorrente de 'Love Island'.

Além da entrevista ao MailOnline, a loira também falou à Now Magazine sobre o momento em que tirou a foto com Malik. "Estávamos todos a dançar e ele parecia muito simpático e disse 'sem problema', quando eu pedi uma fotografia mas ele não falou muito depois disso. É engraçado porque eu detesto ser tocada, mas o Zayn pôs o braço à minha volta e perguntou-me 'Estás bem?'. E foi só isso! O Zayn não faz o meu tipo".