#Concertos tão pequenos que nos fazem duvidar se vale a pena pagar o preço do bilhete, e depois há outros em que parece que não pagámos nada por aquilo a que assistimos. Que o diga os festivaleiros que assistiram ao último dia do festival de Roskilde, na Dinamarca, onde o cabeça de cartaz era Damon Albarn, membro e vocalista da banda inglesa Blur. O projecto musical de Albarn, Africa Express, fez subir ao palco diversos nomes conhecidos da #Música, prolongando assim o concerto. Cinco horas depois, Albarn teve de ser retirado do palco ao colo por um segurança da sua equipa.

As imagens do vocalista dos Blur, Damon Albarn, a ser levado ao colo por um segurança já estão a correr o mundo.

Publicidade
Publicidade

Na noite de domingo para segunda-feira, o concerto de Albarn, que começou por volta das 23 horas, acabou eram já 4 horas da madrugada, e só porque o segurança interveio. A organização tentou por diversas vezes que o músico largasse o microfone, porém, sem sucesso, uma vez que Albarn instigava a multidão a gritar sempre "queremos mais" ou "só mais uma". Perante estes pedidos do público, o músico chegou mesmo a dizer por diversas vezes: "Que se dane o que eles dizem. Se vocês querem mais, vão ter mais", escreve o Observador.

Durante estas cinco horas de concerto subiram ao palco artistas como Laura Mvula, Graham Coxon, Nick Zinner e ainda o português Batida, que actuaram ao lado de Albarn. Do reportório fizeram parte temas da banda Gorillaz e dos Yeah, Yeah, Yeah. Ainda assim, momentos antes da entrada do segurança, o cantor deu ainda o ar da sua graça entoando para a multidão o mítico tema dos The Clash, Should I Stay or Should I Go.

Apesar de terem sido forçados a abandonar o palco parece que a festa continuou nos backstage, uma vez que se ouviu música durante mais uma hora.

Publicidade

A banda inglesa está com um Verão muito preenchido, a propósito do lançamento do novo álbum, The Magic Whip. Em Portugal vão subir ao palco do Super Bock Super Rock no próximo dia 17 de Julho. Fica a questão: será que Damon vai querer abandonar o palco? #Festivais