O Netflix vai lançar uma nova série e conta com Wagner Moura, actor brasileiro. "Narcos" é a nova série da estação e conta com José Padilha ("Robocop") como realizador. Wagner interpretará o papel de Pablo Escobar, um colombiano que é cabecilha de uma rede de tráfico de cocaína. A acção passa-se na década de 80 onde Boyd Holbrook ("Gone Girl") e Pedro Pascal ("Game of Thrones") são dois dos polícias que perseguem Escobar. A série tem estreia marcada para 28 de agosto.

De acordo com a história da Colômbia, Pablo Escobar é uma das pessoas mais importantes pois era ele quem liderava a comercialização de cocaína por todo o mundo durante a década de 80. Em 1987 chegou mesmo a constar na lista de bilionários da revista Forbes e é, até os dias de hoje, considerado o traficante mais rico de sempre. Com toda a importância dada a esta figura, Wagner Moura vê este papel como um desafio que aceitou de bom grado.

Moura esforçou-se para estar à altura do desafio e a prova disso é que engordou 20 quilos e, cinco meses antes de iniciar as gravações, aprendeu uma nova língua: "Eu não era colombiano, eu era muito magro, não falava espanhol. Não tinha nada a ver. Tinha a ver a loucura do José Padilha de achar que eu era esse actor". O actor já tinha trabalhado com Padilha antes na saga "Tropa de Elite", que estrearam em 2007 e 2010, pelo que esta produção marca assim o reencontro dos dois. Segundo uma entrevista dada ao G1, Moura diz que não queria decepcionar o realizador visto que este tinha visto nele potencial para interpretar este papel.

Ao contrário de outros grandes traficantes, Pablo Escobar nunca se coibiu de dar entrevistas nem nunca se escondeu ou tentou manter o anonimato perante a população. Aliás, Escobar tinha como objectivo chegar a Presidente da Colômbia. Existem vários dados e intervenções do cabecilha documentados pelo que Wagner sente ainda mais pressão. O actor diz que quando se interpreta uma personagem que existiu mesmo "é inevitável as pessoas olharem e compararem".

Wagner Moura viajou para Medellín antes de ser contratado pelo Netflix. Esta região serviu com uma base para o cartel liderado por Escobar. Moura diz que teve tempo para construir a personagem, "ver como era o corpo dele, a coisa da barriga" a fim de ser o mais fiel possível ao original e interpretar na perfeição o papel de Pablo Escobar. #Televisão #Séries