Na sequência dos artigos anteriores, continuamos a dar a conhecer algumas das mais prestigiantes celebridades internacionais com "sangue" português. Neste artigo revelam-se exemplos de bem sucedidos luso-descendentes no desporto. Alguns nomes são mais conhecidos que outros para os portugueses, no entanto todos têm em comum o sucesso e as suas origens. Descubra quem são os nossos craques referidos nesta rubrica. 

Mark Teixeira, de 35 anos, é um mediático atleta do basebol norte americano, conta o site Portuguese American Journal. Em 2008 assinou pelo New York Yankees por 8 anos (onde ainda joga), recebendo durante esse período 14,8 milhões de euros.

Publicidade
Publicidade

Tinha um avô português, que viveu na Guiana (América do Sul) e depois mudou-se para os Estados Unidos.

Filho de mãe portuguesa, o antigo internacional norte americano de futebol Claudio Reyna (atualmente com 42 anos), foi um dos melhores atletas do seu país natal e representou clubes como o Glasgow Rangers ou Manchester City, refere o site SoccerTimes.

De acordo com o jornal A Bola, Marc dos Santos, 38 anos, nasceu no Canadá e tem nacionalidade portuguesa, tendo vivido em Portugal entre os 9 e os 24 anos. É um dos melhores treinadores do futebol canadiano, tendo inclusivamente já orientado clubes no Brasil, nomeadamente as camadas jovens do Palmeiras, o Primeira Camisa e o Deportivo Brasil.

Robert Pires, de 42 anos, foi um dos melhores jogadores do futebol francês. A "lenda" do Arsenal de Londres conquistou vários títulos com a seleção francesa.

Publicidade

Nunca recebeu um convite para jogar pela seleção portuguesa e não jogou no Benfica, o clube do seu coração. O seu pai António Pires é português. É primo do apresentador José Figueiras. O luso- francês falou ao site zerozero da ligação que mantém com Portugal: "Vou sempre a Portugal nas férias. (...) Para mim é fundamental ir aí, estar com quem gosto, descansar, comer bem".

O Luxemburgo tem ganho nos últimos anos vários títulos nos matraquilhos. De acordo com o site Luxemburgo Wort, muitos dos atletas que contribuem para estes resultados, são de origem portuguesa. Yannick Correia  já venceu um campeonato mundial em equipas em 2013 e individual em 2009. Christophe Dias esteve envolvido na conquista do título mundial (em pares) de 2014. No campeonato feminino desse ano, Cindy da Fonte atingiu as meias finais. O então selecionador Steve Dias é também descendente de portugueses. 

Segundo o Açores 9, a saltadora Meaghan Benfeito é uma das mais bem sucedidas da sua modalidade no Canadá. Como ponto alto, a atleta de 26 anos, que nasceu em Montreal, ganhou a medalha de bronze nos Jogos Olímpícos de Londres 2012.

Publicidade

Os seus pais Arthur Benfeito e Margarida Correia são naturais dos Açores. A atleta, acompanhada pelos seus pais, deslocou-se pela primeira vez em 2014  aos Açores, mais precisamente à Ribeira Brava (terra natal dos seus avós), onde foi homenageada pela Câmara local.

De acordo com o site Jockbio, John Tavares, um grande talento da NHL (denominação dada ao principal escalão do campeonato do Hóquei no Gelo norte-americano), onde atua desde 2009 no New York Islanders do Canadá. É capitão da sua equipa e internacional pela seleção canadiana. Os seus avós paternos Manuel e Doroteia Tavares saíram de Portugal para se fixarem no Canadá.  #Famosos #Família #Personalidades