Liam Payne é conhecido por ser um dos mais divertidos e descontraídos dos cantores dos One Direction. O cantor britânico é sempre muito acarinhado pelos fãs também pela sua simplicidade e disponibilidade a abordar qualquer assunto. No entanto, como no melhor pano cai a nódoa, o cantor poderá estar a pagar o preço da sua simplicidade, quando produziu um comentário, que pode ser encarado com um duplo sentido. Se para muitas pessoas, Liam foi homofóbico na declaração, para outros (e ele próprio) foi apenas uma brincadeira simples, em que tentou "fazer sorrir" os fãs. 

O comentário aconteceu num dos últimos concertos do cantor, quando na introdução de uma canção, Liam falou no amor entre um homem e uma mulher.

Publicidade
Publicidade

"Esta é a minha canção preferida do último álbum, e é sobre tentar encontrar aquela mulher que é a número um na tua vida, o que nenhum de vós pode perceber porque a maior parte de vós são raparigas. Excepto para os rapazes aqui, vocês sabem do que estou a falar", disse Liam Payne. 

Mas, se para alguns o comentário não passou de uma brincadeira, para muitos, Liam Payne revelou-se uma desilusão, por ter atirado um comentário tão homofóbico. As reacções não tardaram e no Twitter é visível a dupla interpretação neste tema. Muitos estão a criticar o cantor e chegam mesmo a insultá-lo. 

No entanto, a maior falange está, naturalmente, do lado de Liam Payne. E a prova disso é que o assunto mais falado do momento é a demonstração de amor dos fãs por Liam. "We Love You Liam Payne" é a "hashtag" mais repetida no mundo, na manhã desta quarta-feira. 

Também o cantor já sentiu necessidade de se explicar e foi o Twitter o "local" escolhido.

Publicidade

Numa série de "tweets", Liam considerou que as pessoas interpretam tudo de forma "literal" e diz mesmo que o que ele quis dizer foi "num modo geral". 

“Eu não sou homofóbico de forma alguma. Isso é uma coisa ridícula para se dizer e eu não estou aqui para ofender ninguém, por isso aceitem como quiserem”, pede Liam no Twitter, agastado com todas as acusações que tem sofrido. 

O cantor vai mais longe ao dizer que se esforça para “divertir os fãs” e que eles  “apenas se focam num comentário” de introdução a uma canção. "Só estou aqui para fazer as pessoas sorrir. Eu até considero isso como o meu trabalho", concluiu Liam Payne, sobre um caso que está a dar muito que falar nas redes sociais. 

E vocês, acham que Liam foi mesmo homofóbico? Ou tudo não passou de uma brincadeira bem humorada? Deixem as vossas opiniões, nos comentários abaixo. #One Direction