A TVI estreou no passado dia 14 de Setembro “Isso é tudo muito bonito mas”, que vai para o ar diariamente no final do “Jornal das 8”. O programa, cuja autoria e apresentação estão a cargo de Ricardo Araújo Pereira conta ainda com a participação de mais dois elementos dos "Gato Fedorento". O objectivo do programa é escrutinar a campanha eleitoral de uma forma humorística e irónica. Em cada episódio são satirizados alguns dos momentos mais marcantes da campanha para as legislativas e são feitas entrevistas aos líderes dos principais partidos. Marinho e Pinto foi satirizado e não gostou.

O ex-bastonário da Ordem dos Advogados, que agora concorre a deputado, parece não ter gostado de ter sido visado em “Isso é tudo muito bonito mas”.

Publicidade
Publicidade

Esta terça-feira, dia 22, o candidato do Partido Democrático Republicano (PDR) afirmou que irá dirigir uma queixa à Comissão Nacional de #Eleições (CNE) e à Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Segundo o “Diário de Notícias”, as acções de campanha do PDR, que hoje decorre no distrito de Leiria, foram marcadas por declarações do seu líder partidário sobre a forma como diz ter sido humilhado naquele programa. Marinho e Pinto achou repugnante a imagem que mostrava alguém a urinar numa fotografia sua. O episódio foi transmitido ontem, dia 21, e o sketch acabou por se tornar viral nas redes sociais.

Apesar de se considerar um acérrimo defensor da liberdade de expressão, o ex-bastonário acha que, no que respeita ao humor, devem ser estabelecidos limites. Na sua opinião, o programa ofende pessoas, instituições e a política. O líder do PDR diz que apenas vai apresentar queixa à ERC e a CNE, recusando a possibilidade de avançar para um processo em tribunal, para não “dar ao autor desta infâmia o privilégio de ser arguido nos tribunais, porque não temos verdadeira justiça."

O sketch que provocou a ira de Marinho e Pinto mostra uma pessoa a urinar sobre penicos com os símbolos do PS, do PSD e do CDS.

Publicidade

A seguir, a cena repete-se, mostrando outro penico, mas o símbolo do PDR é trocado pela cara do seu líder.

“Isso é tudo muito bonito mas”, estreou há uma semana e até agora Ricardo Araújo já entrevistou, por exemplo, António Costa e Paulo Portas, que não hesitaram em submeter-se às questões do humorista. #Televisão #Personalidades