Aos 42 anos, o antigo jogador do Sporting e do FC Porto, Mário Jardel, é agora um deputado estadual no Rio Grande do Sul, eleito pelo Partido Social Democrata em 2014. Numa recente deslocação à Europa os seus gastos causaram polémica no Brasil, mas causaram mais ainda na sua chegada a terras de Vera Cruz. O antigo craque dos relvados foi "apanhado" com mais de 10 quilos de bacalhau. Pior mesmo foi que os produtos alimentares foram destruídos, num país onde o índice de pobreza ainda é elevado.

Uma viagem de 10 dias pela Europa, nomeadamente a Portugal e Itália, foi suficiente para que a polémica se instalasse no Brasil em torno do deputado Mário Jardel.

Publicidade
Publicidade

Os gastos que o deputado e o seu assessor fizeram durante a sua deslocação não agradaram a toda a gente: foram nove mil euros em apenas 10 dias. Também o facto de o antigo jogador ter regressado ao Brasil viajando na classe executiva não agradou a todos. Porém, o pior ainda viria a acontecer quando o deputado aterrasse no aeroporto.

Mário Jardel foi surpreendido num aeroporto de Porto Alegre, depois de ver a sua bagagem confiscada. Na terça-feira, 20 de Outubro, todos os mantimentos que Mário Jardel transportava foram destruídos, nomeadamente 10 quilos de bacalhau, 1,2 quilos de queijo, nozes e ainda conservas.

Segundo escreve o jornal Público “o ministério justificou a apreensão alegando que o transporte desse tipo de produtos alimentares só pode ser realizado com a apresentação de uma certificação sanitária emitida pelo país de origem”.

Publicidade

O ex-jogador de futebol terá sido apanhado numa ação de fiscalização aos passageiros dos voos internacionais, remata o jornal diário.

O deputado assegurou, através de um comunicado à imprensa, que “não sabia das restrições e que entregou todos os alimentos aos fiscais quando foi abordado”, escreve o Diário de Notícias.

Este é o primeiro mandato do antigo jogador mas, dez meses depois de ter assumido o cargo, Mário Jardel ainda não apresentou qualquer projeto de lei ou proposta no parlamento. #Insólito