Os bilhetes para ver #Justin Bieber nos #Concertos da digressão "Purpose", que terá início a 9 de Março em Seattle, começaram esta sexta-feira, 20 de Novembro, a ser vendidos, via Ticketmaster. A digressão irá decorrer até 18 de Julho, terminando com um concerto no icónico Madison Square Garden, em Nova York.  Actualmente, os bilhetes da pré-venda já atingiram os mercados paralelos e em média, para os 58 espectáculos agendados na América do Norte, o preço é de 276 dólares. De acordo com o que está programado, o seu espectáculo mais caro será no The Scotiabank Saddledome in Alberta, Canadá com 393 dólares de preço médio e onde o bilhete mais barato custará 114 dólares.

Publicidade
Publicidade

Os bilhetes em Los Angeles, no Staples Center, não terão preços muito diferentes, com uma média 352 dólares, e em Nova York ficam-se por 338 dólares, de acordo com dados fornecidos pelo TiqIQ.

Em 2010, Bieber percorreu o mundo na sua "My World Tour", que decorreu entre Junho de 2010 até Outubro de 2011. Os preços para esta digressão tiveram na altura valores médios da ordem dos 285 dólares, com o show mais caro a atingir os 857 dólares no Wells Fargo Center, em Filadélfia. Para promover o seu terceiro álbum "Believe", em 2012-2013, o cantor realizou mais de 150 espectáculos em todo o mundo com preços mais baixos, na ordem dos 180 dólares mas a atingir o seu valor mais elevado em San Antonio (672 dólares) a 12 de Janeiro de 2013.

O sucesso na estrada não é estranho a Justin Bieber, como se tem verificado desde os primeiros dias, e por isso o valor dos bilhetes não será um impedimento para o êxito desta nova digressão na América do Norte.

Publicidade

Desde que a estrela anunciou na rede social Instagram o início da venda dos bilhetes que a sua longa legião de fãs multiplica os comentários de agrado pelo início da tournée. Ao mesmo tempo chovem questões acerca dos locais onde se irão realizar os concertos, sendo frequentes os pedidos para a inclusão de diversos locais do mundo desde a Austrália, Indonésia e vários países da Europa.

Pode antever-se que 2016 será para Bieber outro ano de muito sucesso profissional. #Música