Foi na madrugada desta Terça-Feira, 24 de Novembro, que foram entregues os Emmy International Awards. A gala, que teve lugar em Nova Iorque e vai na sua 43ª edição, premeia todos os anos os melhores programas de #Televisão produzidos fora dos Estados Unidos. Nos últimos anos, Portugal tem estado presente nesta entrega de prémios e este ano não foi excepção. A novela da TVI “Mulheres” estava nomeada para um Emmy, mas o troféu foi para o Brasil.

Em noite de entrega dos prémios internacionais atribuídos pela International Academy of Television Arts and Sciences, Portugal fez-se representar bem nesta gala. A ficção nacional estava nomeada para um galardão na categoria de melhor telenovela, com “Mulheres”.

Publicidade
Publicidade

Alguns dos actores que fizeram parte do elenco viajaram para Nova Iorque para marcar presença neste evento e esperavam, concerteza, trazer para Portugal mais um troféu.

Todavia, o prémio foi entregue à telenovela brasileira “Império”, uma produção da Globo, que foi transmitida pela SIC. Segundo a revista "Lux", apesar da derrota, os actores portugueses sentem-se orgulhosos, pois consideram que já foi uma grande honra terem representado Portugal e a ficção portuguesa. Nas redes sociais, Lourenço Ortigão e Jessica Athayde manifestaram grande orgulho por, mais uma vez, uma produção nacional estar entre as melhores a nível internacional.

Além de Lourenço Ortigão e Jessica Athayde, também Albano Jerónimo, Fernanda Serrano e Gabriela Barros marcaram presença e destacaram-se pela elegância e estilo dos seus outfits.

Publicidade

Apesar de Lourenço Ortigão não ter integrado o elenco de “Mulheres”, o actor foi convidado pela International Academy of Television Arts & Sciences para ser um dos co-apresentadores do evento. Juntamente com a actriz brasileira Fernanda Leal, entregou o prémio de melhor programa de primetime em língua não inglesa.

Em 2010, “Meu Amor” tornou-se na primeira telenovela portuguesa a ganhar um Emmy. Esta produção da TVI foi escrita por António Barreira e protagonizada por Rita Pereira, Margarida Marinho e Alexandra Lencastre. No ano seguinte, Portugal voltou a ganhar, desta feita com a novela “Laços de Sangue”, co- produzida pela SIC e pela Globo e que contou com Diogo Morgado, Lia Gama, Joana Santos e Diana Chaves nos papéis principais. #Famosos #Telenovelas