O chef franco-suiço Benoît Violier foi encontrado sem vida no passado domingo (dia 31), na sua habitação, em Crissier na Suíça, cidade onde também dirigia o restaurante do Hotel de Ville. Segundo a polícia, Benoît Violier cometeu suicídio e, de acordo com o site do jornal britânico "The Guardian", foram encontradas lesões causadas por uma arma de fogo. Apesar disso, foi aberto um inquérito para concluir com exactidão a causa da morte.

O chef franco-suíço estava à frente do restaurante do Hotel de Ville juntamente com a sua esposa desde 2012, substituindo assim Philippe Rochat, que faleceu no ano passado. Em dezembro, o restaurante foi considerado o melhor do mundo pela "La Liste".

Publicidade
Publicidade

Apesar do crescente sucesso, Violier referiu, numa entrevista à estação televisiva "Swiss TV RTS", o stress que era dirigir uma cozinha de alta qualidade como a sua.

Vários colegas de profissão já reagiram à trágica notícia na rede social Twitter. Marc Veyrat considerou que o "mundo ficou órfão com a perda deste chef excepcional" e Pierre Gagnaire lamentou a "perda de um chef bastante talentoso".

Este não é o primeiro caso deste tipo. Em 2003, o chef francês Bernard Loiseau cometeu suicídio com uma arma de fogo, após o "rating" do seu restaurante ter baixado e devido ao consequente rumor de que lhe iria ser removida uma das suas três estrelas Michelin. Em 2010, o chef italiano Joseph Cerniglia saltou da ponte George Washington, desesperado por não conseguir pagar as dívidas que tinha e o stress de dirigir um restaurante.

Publicidade

Cerniglia participou no programa "Kitchen Nightmares" apresentado pelo famoso e problemático chef Gordon Ramsay, que na altura lançou críticas bastante duras ao jovem. Também o chef americano Homaro Cantu acabou com a própria vida no ano passado, após os seus negócios começarem a falhar. Foi encontrado enforcado num edifício que estaria a renovar.

Com 44 anos e detentor de três estrelas Michelin, Benoît Violier era um dos melhores chefs do mundo e chegou mesmo a ser considerado o cozinheiro do ano em 2013 na Suíça. #Famosos #Culinária