Ronald Fenty admite ter perdoado Chris Brown por ter batido na filha. O caso já se deu há mais ou menos sete anos e agora Rihanna lançou o single "Love on the Brain", que faz parte do novo álbum "Anti", e que fala das agressões que sofreu por parte do cantor que na altura era seu companheiro.

Confrontado com a música, o pai da artista diz ser difícil ouvi-la, mas afirma que, apesar de tudo, perdoa Chris Brown. Em declarações ao site "Mirror UK", Ronald Fenty revelou: "Chris Brown terá sempre um lugar na família e no meu coração. Ele respeita-me, chama-me pai e, apesar do que se sucedeu, eu gosto dele. É um rapaz bastante talentoso e humilde.

Publicidade
Publicidade

Irei apoiá-los (Chris e Rihanna) se ficarem juntos".

"Love on the Brain" pode ser interpretada como a permanência de alguém numa relação violenta apenas pela atracção física e sexual. Ronald Fenty comenta que gosta das histórias da filha, mas esta foi a mais difícil de ouvir.

As agressões de Chris a Rihanna aconteceram em 2009 quando ele, após uma discussão, deu um soco e mordeu a cantora. Apesar de terem reatado a relação depois das agressões, voltaram a separar-se em 2013.

Fenty confidenciou ainda que, depois do sucedido se tornar público, um dos antigos seguranças de Rihanna lhe telefonou e, juntamente com um gang, ofereceu-se para se vingar de Chris Brown. O progenitor recusou a "oferta", pois queria ser ele próprio a fazer justiça, apesar de no momento estar em Barbados, na sua terra natal.

Publicidade

Pensou mesmo em apanhar um voo para Los Angeles e ir até à casa do cantor. Mas os ânimos foram acalmando e acabou por desistir da ideia, nunca revelando nada à filha, que já "estava a sofrer bastante com a situação".

Na altura, após as agressões, Rihanna deu uma entrevista à revista "Vanity Fair" e deu a voz por todas as mulheres e homens que sofrem de violência doméstica, encorajando-os a falar, embora reconheça que se trate de um assunto delicado.

Ronald Fenty acrescentou ainda que a situação foi "bastante difícil para toda a família, porque ninguém gosta de ver a própria filha magoada" mas, apesar disso, Chris Brown já está perdoado. #Famosos