A sexta temporada de "Game of Thrones" (A Guerra dos Tronos, em Portugal) estreia apenas a 24 de Abril nos Estados Unidos e América Latina, mas diversas novidades já são conhecidas, como a existência da maior batalha de sempre desde que a conceituada série estreou em 2011, tal como confirmou o argumentista Bryan Cogman, em entrevista à revista Entertainment Weekly. "Quisemos chegar a um ponto - na história, orçamento, tempo e recursos - em que pudemos fazer uma verdadeira batalha, com um grande exército de um lado e do outro".

Na divulgação oficial surgem também imagens de várias personagens mortas, incluindo o carismático Jon Snow, embora envolto pelo mistério que o actor Kit Harington procura consolidar: "Filmei algumas cenas em que apareço morto – e é um dos meus melhores trabalhos.

Publicidade
Publicidade

Não tenho a menor ideia sobre a sexta temporada. Sei por quanto tempo apareço como cadáver, mas não posso apresentar mais pormenores”. Espera-se que, nas próximas horas apareça novo "trailer", depois de a primeira sequência oficial de imagens ter batido o recorde de visualizações, que pertencia à quinta temporada, ao somar, em redes sociais como YouTube e Facebook, mais de 30 milhões de visitas. Ou seja, um aumento de três milhões de presenças, em comparação com o conjunto de episódios anterior.

O poder das mulheres 

Outra novidade da próxima temporada de "Game of Thrones" é o reforço do protagonismo das personagens femininas, como Cersei Lannister, Arya Stark, Sansa Stark, Daenerys Targaryen, Brienne of Tarth e Margaery Tyrell, segundo confirmou Michael Lombardo, líder da programação da HBO, à Entertainment Weekly: "Elas dão poder a esta temporada".

Publicidade

Por outro lado, já se pode ver como são produzidos os caminhantes brancos, o que também está disponível no YouTube. Neste contexto, mais de duas dezenas de pessoas são responsáveis pela criação de moldes e pela respectiva aplicação nos actores.

As expectativas dos telespectadores são, portanto, bastante elevadas, até porque os produtores David Benioff e Dan Weiss garantem que os dez novos episódios são os "melhores que já críamos". #Entretenimento #Televisão #Séries