Dois mergulhadores profissionais portugueses recuperaram o microfone que Cristiano Ronaldo arremessou para o fundo de um lago em França. Aquele que se tornou no microfone mais famoso do mundo vai servir de mote para uma campanha de solidariedade a favor de uma instituição que ajuda crianças madeirenses. A iniciativa foi lançada pela própria CMTV e decorre até 6 de Julho. Quem mais contribuir receberá o microfone que foi protagonista de uma das cenas mais badaladas, a nível mundial, do #Euro2016.

Foram necessárias duas tentativas, e mais de oito horas, para que os mergulhadores profissionais Paulo Martins e António Bessone Basto conseguissem recuperar o microfone da CMTV que o futebolista #Cristiano Ronaldo atirou, no passado dia 22 de Junho, para um lago em Lyon (França).

Publicidade
Publicidade

O episódio, que foi noticiado nos principais órgãos de Comunicação Social de vários países do mundo, aconteceu no momento em que a #Selecção portuguesa efectuava um passeio à beira do lago, antes do jogo com a Hungria. Diogo Torres, o repórter da CMTV de serviço no local, abeirou-se do melhor jogador do mundo para lhe colocar uma questão. Mas inesperadamente, Cristiano Ronaldo, capitão da selecção não respondeu à questão, mas tirou o microfone das mãos do jornalista, tendo-o arremessado para o lago.

Neste sábado, 2 de Julho, e após uma tentativa falhada há cerca de 15 dias, Paulo Martins e António Bessone Basto voltaram a mergulhar nas águas do lado, em Lyon, tendo conseguido recuperar o microfone. Aqueles profissionais do mergulho reconheceram que foi um trabalho feito em “condições difíceis” já que o lago tem muita vegetação e ramos de árvores no fundo.

Publicidade

“Foi como achar uma agulha num palheiro”, referem. Contudo, não escondem a satisfação por terem conseguido, com sucesso, atingir o objectivo.

Agora, a CMTV está a promover uma campanha de solidariedade social com vista à recolha de fundos para o Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família, sedeado no Funchal, ilha da Madeira, de onde é natural Cristiano Ronaldo. Uma instituição que apoia cerca de 250 crianças com deficiência e que conta já com uma verba de mil euros, atribuída pela própria CMTV. Carlos Rodrigues, director adjunto do canal de televisão do Correio da Manhã, informou que a campanha será realizada através do número telefónico 760 20 40 41, com cada chamada a custar 60 cêntimos (mais IVA). “Quem ligar mais vezes o número fica com o microfone”, garante, adiantando que, de 500 em 500 chamadas serão oferecidos kits de apoio à selecção portuguesa de futebol. A campanha termina no próximo dia 6 de Julho, momentos antes do jogo de Portugal das meias-finais do Euro 2016.