A revista "Sábado" desta semana traz uma notícia bombástica relativamente a um dos concorrentes da primeira temporada do #Reality Show "Big Brother" em Portugal. A publicação da referida revista diz que Marco Borges está envolto em polémica depois de ter agredido um funcionário da empresa de segurança em que é um dos directores. Com Marco a morar actualmente no continente africano, em Angola, terá sido nesse país que terá acontecido a agressão.

Foi no refeitório da empresa onde estavam cerca de 150 pessoas que tudo se terá passado. Marco terá agredido um funcionário angolano pelo facto de, no momento, não haver talheres suficientes.

Publicidade
Publicidade

Na altura em que Marco ia a entrar no refeitório, ouviu uma discussão entre quatro empregados, relacionada com esta situação, e não terá gostado de ouvir o que ouviu.

Terá sido já dentro do armazém da cozinha que o antigo concorrente do "Big Brother" agrediu com uma bofetada um dos empregados, de seu nome Francisco. Segundo a publicação da revista "Sábado", o mesmo empregado, que é funcionário da empresa há mais de 10 anos, diz que foi atirado contra a parede por duas vezes, e quando tentou sair dali levou mais dois socos no peito, que o fizeram cair ao chão. Francisco Soares Domingos conta que foi até à polícia local e também à Inspecção Geral do Trabalho fazer queixa do sucedido.

Por seu lado, o militar e ex-fuzileiro Marco Borges, quando confrontado pela revista para falar sobre o sucedido, não se quis pronunciar, alegando que o caso está a ser investigado.

Publicidade

No dia 31 de Agosto será ouvido pelas autoridades competentes em Angola e só aí se vai saber se vai cumprir algum tipo de pena por supostamente ter agredido um dos funcionários da empresa de segurança que dirige, a Copede.

De relembrar que Marco foi expulso do reality show da TVI, na primeira edição (em 2000) após agredir uma concorrente com um pontapé. Já depois da sua participação no programa da estação de Queluz de Baixo, esteve na China, onde deu lições para aprendizes de guarda-costas. #Famosos #Crime