Foi no "Masterchef Júnior", concurso destinado a crianças e ao gosto pela cozinha que ficámos a conhecer o pequeno Pedro Jorge. Sempre divertido e com um sorriso no rosto, demonstrou o seu amor pela #Culinária, que herdou do seu avô. Recentemente, o pequeno Pedro Jorge lançou um blog sobre cozinha e já conta com muitas visualizações. No seu blog, podemos ver algumas receitas e também o seu à vontade com a cozinha.

A maior perda de Pedro Jorge

Com o decorrer do programa  "Masterchef Júnior" da estação de Queluz de Baixo, a TVI, ficámos a conhecer um pouco da vida deste pequeno cozinheiro. Foi graças ao seu avô que começou a ter prazer em cozinhar, e foi para provar ao avô que cozinhava melhor que ele que decidiu participar no concurso, que tinha como jurados Manuel Luís Goucha e os Chefes Rui Paula e Miguel Rocha Vieira.

Publicidade
Publicidade

Pedro Jorge, já depois do concurso que lhe deu fama ter terminado, deu a conhecer através das redes sociais que o seu avô já não estava entre nós. Foi uma grande perda para o menino que era muito apegado ao seu familiar. Na altura desta grande perda, o ex-concorrente da #TVI deixou um recado ao seu companheiro de cozinha, dizendo que ainda precisava muito dele. Foi também nessa altura que prometeu continuar a cuidar da horta do avô.

Pedro Jorge e o seu blog

Foi com grande entusiasmo que o menino lançou um blog de culinária e, para espanto dele e dos seus seguidores, a adesão a este blog foi tanta que tiveram de rectificar o sistema. O blog bloqueou, com tanta tentativa de entrar e ver o que Pedro Jorge tinha para mostrar aos seus seguidores e fãs. Depois deste aparato informático, o problema foi resolvido e o próprio do Pedro declarou que o problema já estava solucionado.

Publicidade

Ao entrar na página com o seu nome pode-se ler em letras grandes "Pedro Jorge" e é lá que se podem consultar algumas receitas elaboradas por si. No blog pode-se ver também algumas #Curiosidades da alimentação e ficar a par de como está a horta do avô Zé. 

O pequeno Pedro Jorge começou a cozinhar com a ajuda dos pais e do avô apenas com 5 anos de idade.