Chris Hemsworth e Zac Efron juntaram-se ao movimento 'Polished Man' como forma de dizerem "não" à violência contra crianças e jovens. A campanha foi organizada pela YGAP, uma ONG que combate a pobreza no mundo, e tem como objetivo alertar para os maus tratos físicos e sexuais a menores de 18 anos.

A campanha surgiu devido à história dramática de Thea. A menina de oito anos, orfã de pai, foi deixada num orfanato pela mãe. Durante dois anos, Thea foi violada e mal tratada pela pessoa que a acolheu. Elliot Costello, promotor de 'Polished Man', conheceu a menina que lhe pintou as unhas. Depois de descobrir a história, Elliot criou o movimento 'Polished Man' e decidiu pintar uma unha em homenagem a Thea e a todas as outras crianças que foram ou poderão vir a ser vítimas de violência.

De acordo com o movimento, "uma em cada cinco crianças" são vítimas de algum tipo de violência.

Publicidade
Publicidade

Cerca de 90 % dos casos de maus tratos são levados a cabo pelo sexo masculino, e por este motivo a campanha sugere que sejam os homens os promotores desta #causa. "Ser criança não devia doer e todos nós temos o poder de mudar isso", pode ler-se no site oficial.

Foram várias as celebridades que aderiram ao movimento 'Polished Man'. O protagonista do filme 'Thor', Chris Hemsworth, partilhou uma fotografia na sua página das redes sociais, com uma unha pintada, com a descrição "Ser um homem polido não é apenas lembrar de comprar flores, também é dizer não à violência contra as crianças." e promete mantê-la durante o resto do mês de outubro. Também o ator Zac Efron mostrou, esta semana, uma imagem no seu Facebook com a unha do dedo indicador pintada de vermelho, incentivando os seus seguidores a participar e convidando outras figuras públicas a tornarem-se #polishedman.

Publicidade

Para fazer parte da luta contra a violência infantil, basta publicar uma fotografia com uma unha colorida nas redes sociais ou fazer um donativo no site oficial da campanha 'Polished Man', que revertem a favor de programas de prevenção e recuperação de crianças vítimas de maus tratos físicos e sexuais.  #Famosos