No mês de Junho de 2011 a notícia da morte de Angélico Vieira estava em todos os canais televisivos. Um #Acidente de automóvel foi trágico para Angélico Vieira e também para outros ocupantes do veículo que o actor e modelo conduzia. Este acontecimento volta a ser noticiado, neste caso na revista Nova Gente, pois o julgamento que opõe os pais do jovem ao dono do stand de onde saiu o carro do acidente já começou. O julgamento conta com algumas testemunhas, nomeadamente Rita Pereira e "Miguel dos Ferraris", que esteve preso por burla.

A noite do acidente

Foi numa noite em que o jovem resolveu fazer-se à estrada com alguns amigos que se deu o acidente.

Publicidade
Publicidade

Na altura falou-se em excesso de velocidade e que os ocupantes não teriam o cinto de segurança colocado.

Angélico conduzia um automóvel da marca BMW e não foi a única vítima mortal deste acidente. Rita Pereira foi uma das primeiras pessoas a ser avisada deste acontecimento e, juntamente com a mãe do actor, dirigiu-se ao hospital onde estava Angélico Vieira, que acabaria por morrer.

O caso do acidente 

Após as mortes e o estado crítico em que ficou uma das amigas que estavam no carro, começaram as contradições acerca do acontecimento. Os pais deste jovem artista, que era bastante acarinhado pelos fãs por ter pertencido à banda "DZRT" e à série de sucesso da TVI "Morangos com Açúcar", pretendem fazer #Justiça e o caso está em tribunal.

Alegando que o contrato de compra e venda do veículo foi alterado, os pais do artista pretendem reaver o valor das duas viaturas que Angélico teria dado em troca deste BMW que o levou à morte.

Publicidade

O actor, cantor e modelo

O jovem, que ficou conhecido através da TVI, era muito famoso entre as fãs. Depois de ter pertencido ao grupo de música "DZRT", juntamente com Cifrão, Edmundo e Vintém, fez também trabalhos como modelo e lançou o seu trabalho musical a solo.

Rita Pereira foi namorada do jovem durante alguns anos e ainda hoje continua a dar-se bem com a mãe do actor, embora tivessem assumido publicamente que a união tinha terminado algum tempo antes deste fatídico acidente. #Famosos