Esta quinta-feira, dia 7 de setembro, foi lançado um novo tema de George Michael, oito meses após a sua morte. "Fantasy" conta com o produtor Nile Rodgers e é a primeira canção póstuma do cantor britânico. #George Michael, conhecido do público em geral quer por ter feito parte do duo !The Wham quer pela sua carreira a solo, faleceu aos 53 anos no dia de natal em 2016. Contudo, o cantor referiu várias vezes em entrevistas que estava a trabalhar num novo disco, o qual que viria a ser lançado este ano. Para além disso, e aquando a sua morte, foram vários os rumores de Michael terá deixado, não um, mas sim três discos por lançar.

"Fantasy", a nova canção, é uma reformulação de um tema gravado nos finais da década de 1980 e era para ser parte integrante do segundo álbum da sua carreira a solo.

Publicidade
Publicidade

Para além disso, estava também nos planos de George Michael reeditar "Listen Without Prejudice", sendo que já tinha entrado em contacto com o produtor Nile Rodgers para juntos trabalharem neste tema que irá fazer parte de "Listen Without Prejudice/ MTV Unplugged", com lançamento agendado para 20 de outubro.

A Sony Music, em homenagem à reedição deste disco, encomendou um documentário sobre George Michael narrado pelo próprio cantor. "Freedom" irá contar também com alguns gostos de Liam Gallagher, Elton John, Nile Rodgers, Mark Ronson entre outros.

Quarta-feira, dia 6 de setembro, as irmãs de George Michael, Melanie e Yioda publicaram no site oficial do artista britânico uma mensagem onde se pode ler que as irmãs querem continuar o legado de Michael: "queremos partilhar e desfrutar do precioso legado dele e continuar a trazer a todos vós alegria - através da sua #Música extraordinária".

Publicidade

Para além disso, prometem aos fãs continuar a publicar outros trabalhos nos quais ele estava a trabalhar com tanto afinco.

George Michael vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo e foi encontrado já sem vida na sua cama por Fadi Fawaz, o seu namorado. A causa da morte foi insuficiência cardíaca, conforme revelou Michael Lippman, representante e amigo de Michael. Contudo, foram vários os rumores a apontar que a causa real da morte teria sido suicídio. O companheiro do cantor chegou também a ser investigado e foi mais tarde ilibado, deixando assim de parte a hipótese de ter qualquer envolvimento na morte de Michael.

O jornal britânico Guardian lembrou que a última vez que tinha sido apresentada uma música nova de George Michael havia sido na cerimónia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.