No livro dos Recordes do Guiness a universidade marroquina de Al-Karueein consta como a universidade mais antiga do mundo em atividade. De acordo com o site advisor, esta universidade também é conhecida por Al Karaouine, Kairouyine, Qaraouyine, Quarawin e Al-Qarawiyin. Este espaço foi fundado em 859, durante a dinastia Idrissida. Situa-se na cidade de Fez e está junto a uma mesquita, sendo por isso tratada por "madrasa". Fatima Al-Fihri, cujo os seus antepassados tinham emigrado de Fez para Qaywaran na Tunísia, era filha de um homem rico e foi a fundadora desta instituição. De acordo com o site brasileiro do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo, Fatima "fez uma promessa de gastar toda a sua herança (que recebeu por parte do pai) na construção de uma mesquita própria para sua comunidade.

Além do local de adoração, também foi criado um lugar para instruções religiosas e discussão política, gradualmente estendendo a sua educação em vários assuntos, particularmente ciências naturais".

Segundo o portal jamiati (que representa todas as universidades marroquinas) no século XII Al-Karueein acolheu nomes de relevância que estiveram ligados na sua vida profissional às bases do sofismo (Hrizim, Madyane, Alami), filósofos (Avenpace e Averròes) e geográfos (como Al Idrissi). No entanto, existiram muitos mais ilustres que frequentaram este estabelecimento.

O site do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo revela que "nos tempos medievais, Al-Karueein mostrou um papel de liderança no intercâmbio cultural e de transferência de conhecimentos entre muçulmanos e europeus".

Vídeos destacados del día

Como se pode constatar no site da Universidade de Al Karueein, as áreas de ensino são ligadas à religião, literatura, direito e línguas. As faculdades estão distribuídas por várias localidades marroquinas: a Faculdade Chariâa em Fez, a Faculdade Allogha Al Arabia em Marraquexe, a Faculdade de ussoul Addine em  Tétouan, a Faculdade Chariâa em Agadir e a Faculdade de Ciências de Chariâa em Smara. #História #Curiosidades #Ensino