Anúncio
Anúncio

O Império Colonial Português foi o primeiro império global da história, sendo mesmo considerado como o mais antigo dos impérios coloniais europeus modernos, chegando a abranger quase seis séculos de existência. Tudo começou na Conquista de Ceuta em 1415 e viria a terminar com a última das colónias portuguesas, Macau, em 1999. Ao longo dos séculos foram vários os territórios onde os portugueses foram os primeiros europeus a chegar. Esta é a segunda parte de uma lista de 10 territórios que provavelmente não sabia que tinham sido descobertos pelos portugueses. Vamos descobri-los agora. 

1- Madagáscar:

Situada no oceano Índico, na costa leste do continente africano, Madagáscar é a quarta maior ilha do mundo.

Anúncio

Foi descoberta pela primeira vez em 1500 por uma expedição portuguesa comandada por Diogo Dias. No século XVI os portugueses, os franceses e os holandeses tentaram tornar a ilha numa colónia, mas nenhuma das potências marítimas teve sucesso. No fim, os piratas acabaram por controlar a costa leste de Madagáscar durante muitos anos até os franceses conseguirem com sucesso colonizar a ilha, no final do século XIX. Madagáscar tornou-se finalmente independente em 1960 e é hoje um estado democrático. 

2- Santa Helena:

Localizada no meio do Oceano Atlântico, Santa Helena é uma das ilhas mais isoladas do mundo. Foi descoberta em 1501 pelo navegador galego João da Nova, que estava ao serviço da Coroa Portuguesa, sendo assim um descobrimento português.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

O galego João da Nova dirigia-se para a Índia, mas acabou por "tropeçar" num novo território até então desconhecido. O primeiro habitante permanente da ilha foi o soldado português Fernão Lopes, que viveu na ilha, isolado, de 1515 a 1545. Portugal nunca chegou a colonizar a ilha de Santa Helena e esta acabou, no século XIX, a ser ocupada pela marinha britânica. Foi também nesta ilha que Napoleão Bonaparte veio a falecer durante o seu exílio. 

3- Tristão da Cunha: 

Este arquipélago localizado no sul do Oceano Atlântico foi descoberto em 1506 pelo navegador português Tristão da Cunha, que deu o seu nome à ilha. No entanto, a expedição portuguesa não conseguiu atracar na ilha devido aos imensos penhascos com mais de 600 metros de altura que a rodeavam.

Anúncio

Atualmente é uma colónia britânica, assim como as ilhas de Ascensão e de Santa Helena. 

4- Papua-Nova Guiné:

Situado no sudoeste do oceano Pacifico, este país da Oceânia foi descoberto por navegadores portugueses em 1511. Originalmente o território chamava-se Nova Guiné; no entanto, durante os anos seguintes desembarcaram na ilha vários exploradores de outros países e a ilha acabou por ser dividida em três partes: a Alemanha ficou com o território a norte, as terras a ocidente pertenciam à Holanda e a zona do sul era britânica. Em 1906, os britânicos entregaram a sua parte da ilha à administração da Austrália. Foi com a derrota da Alemanha durante a Primeira Guerra Mundial que a sua parte passou também para a administração australiana. Assim, as partes a norte e a sul fundiram-se numa só e constituíram um novo país com o nome de Papua-Nova Guiné em 1971. 

5- Molucas:

Conhecidas como as "ilhas das especiarias", o arquipélago das Molucas faz parte da Indonésia. Eram um dos segredos mais guardados do comércio oriental.

Em 1511-1512 uma expedição portuguesa comandada por António de Abreu teve sucesso e chegou às afamadas ilhas das especiarias. Durante um mês os barcos portugueses encheram-se de especiarias raras para a altura, como a noz moscada e o cravinho.