"Fragmentado" (Split, no original), o último filme de M. Night Shyamalan, liderou as bilheteiras no seu fim-de-semana de estreia, tendo arrecadado uns significativos US$40.2 milhões só no mercado norte-americano, e mostrou a surpreendente boa forma do realizador de origem indiana. O filme tem como protagonista um multifacetado James McAvoy, que se desdobra em 23 personalidades diferentes, precisamente o número de personalidades que habitam o seu personagem Kevin. Trata-se de um homem que sofre de um grave distúrbio de personalidade e, apesar de acompanhado por uma psiquiatra, nada parece conseguir travar o surgimento de uma vigésima quarta personalidade, mais perigosa e imprevisível, a quem ele próprio chama de "Beast" (monstro), e que ameaça dominar as outras todas.

Tudo isto seria irrisório não fosse o facto de Kevin manter trancadas na sua casa 3 raparigas adolescentes que tentam a todo o custo arranjar forma de fugir ao lidar com as múltiplas personalidades do seu captor.

O filme assume contornos de thriller com piscadelas de olho ao terror, não só pelo tema, como pelos cenários e os próprios actores. A psiquiatra de Kevin, a Dra. Fletcher, é interpretada por Betty Buckley, a professora de Educação Física na versão original de "Carrie", de 1976, um dos mais icónicos filmes de terror da história do Cinema. Anya Taylor-Joy, uma das adolescentes raptadas e aquela que assume maior destaque na trama, protagonizou o filme de terror "A Bruxa" (The Witch, 2015). É ainda muito provável que os fãs do género reconheçam inspiração em "Saw" e no mais recente "10 Cloverfield Lane" (2016).

Os melhores vídeos do dia

Estão então reunidos os ingredientes para absolver M. Night Shyamalan de mais de uma década de fracassos sucessivos nas bilheteiras e do consequente desinteresse dos críticos, que não perdoaram a inconstância do seu trabalho atrás das câmaras desde o aclamado – e ainda hoje considerado a grande obra-prima do realizador – "O Sexto Sentido" (1999). O filme elevou a fasquia ao transformar Shyamalan no mestre dos twists, mas esta sua assinatura criativa acabaria por ser a sua maior armadilha.

Desde então, o realizador tem coleccionado fracassos e chuvas de críticas, entre os quais se destacam "A Vila" (2004), "O Acontecimento" (2008), "A Senhora da Água" (2006), e, sobretudo, "O Último Airbender" (2010) e "Depois da Terra" (2013). A estrela da sorte do realizador começou a mudar em 2015 com a estreia de "A Visita", um filme de terror de baixo orçamento que se revelou um relativo sucesso mundial e deixou os mais cépticos na dúvida entre dar uma nova oportunidade ao realizador ou assumir que se tratou de um esporádico momento inspirado.

"Fragmentado" é portanto a prova de fogo e tem surtido um efeito inesperado, batendo os seus concorrentes na luta das bilheteiras. O filme estreia em Portugal a 2 de Fevereiro.