A Selecção portuguesa garantiu esta sexta-feira uma vitória no apuramento para o Euro 2016 com Cristiano Ronaldo a marcar o único golo da partida. Numa noite fria e chuvosa em terras algarvias, Portugal precisava de garantir uma vitória para ficar nos lugares cimeiros do grupo de apuramento para o Europeu 2016. A selecção da Arménia previa-se que fosse um adversário astuto e que causasse alguns problemas, daí não ser de espantar que na primeira parte do jogo os Arménios tivessem várias oportunidades de golo.

Publicidade

Não fossem as belas intervenções de Rui Patrício e Portugal poderia ter começado o jogo em desvantagem.

Apesar do início intenso e com grande pressão, a selecção portuguesa não criou grandes oportunidades de golo, sendo a mais flagrante de Cristiano Ronaldo que tentava a todo o custo marcar mais um golo para a sua conta pessoal. Mas acabaria a primeira parte e o jogo ia para intervalo com 0-0 no marcador. Esperava-se que logo no início da segunda parte os portugueses entrassem com força e alterassem o resultado mas foi preciso suar e sofrer para que a equipa da Arménia não surpreendesse no estádio do Algarve.

Foi apenas ao minuto 71 que Portugal se colocou à frente no marcador e mais uma vez pelo suspeito do costume: Cristiano Ronaldo. O melhor do mundo surgiu à beira da baliza e encostou a bola para o que viria a ser o único golo da partida.

Até ao final do jogo a selecção da Arménia ainda pregou alguns sustos à selecção das quinas mas o resultado não mais se alterou e Portugal ganhou três pontos importantes para a sua qualificação para o Europeu. Mais uma vez a selecção portuguesa esteve "dependente" do melhor do mundo, tendo ele resolvido o jogo.

Publicidade

Notou-se uma equipa muito centrada no número 7 das quinas e à espera que este tivesse um ataque de génio que resolvesse a partida. Não fosse o capitão da selecção portuguesa a estar no sítio certo à hora certa, e a equipa teria um resultado menos positivo com um dos adversários mais acessíveis do grupo.

Até quando é que Portugal poderá depender do génio de Ronaldo? Até quando é que o capitão da selecção será o amuleto da sorte? Será preciso muito mais do que aquilo que se viu hoje e do que apenas o melhor do mundo para se chegar ao Europeu e fazer boa figura.