Terminou este domingo em Doha, no Qatar, a 12ª edição dos Campeonatos do Mundo de Natação de Piscina Curta. A competição ficou marcada pelos inúmeros recordes do mundo que foram batidos. Katinka Hosszu, da Hungria, foi uma das figuras da prova, ao alcançar quatro medalhas de ouro. Quanto à participação portuguesa, ficou marcada pelo sétimo lugar de Diogo Carvalho nos 200 metros estilos. O nadador do Galitos garantiu ainda os mínimos para os Europeus de 2015, nos 400 metros estilos.

Publicidade
Publicidade

No último dia de competição os recordes do mundo continuaram a cair, à semelhança do que sucedeu nos dias anteriores. Sarah Sjostrom destacou-se este domingo ao conquistar duas medalhas de ouro e ao bater dois recordes do mundo. Primeiro, nos 100 metros mariposa, a nadadora sueca saltou para a água para completar a distância em 54,61 segundos, tornando-se na primeira mulher a nadar abaixo dos 55 segundos. Sjostrom retirou 44 centésimos à anterior marca, que estava na posse da francesa Diane Bui Duyet desde 2009.

A sueca deixou na segunda posição a chinesa Ying Lu e a dinamarquesa Jeanette Ottensen no terceiro posto.

Pouco depois, Sarah Sjostrom superiorizou-se nos 200 metros livres. A nadadora nórdica terminou com o tempo de 1 minuto, 50 segundos e 78 centésimos, destronando o recorde de Federica Pellegrini, que vigorava desde 2009, e que estava fixado em 1 minuto, 51 segundos e 17 centésimos. A húngara Katinka Hosszu ficou na segunda posição e foi impossibilitada de conquistar a quinta medalha de ouro em Doha.

Publicidade

A medalha de bronze foi entregue à holandesa Femke Heemskerk.

Ainda nas senhoras, mas na estafeta feminina dos 4x50 metros estilos, o quarteto holandês foi o mais rápido. Inge Dekker, Femke Heemskerk, Maud van der Meer e Ranomi Kromowidjojo fixaram um novo melhor tempo mundial em 1 minuto, 34 segundos e 24 centésimos, retirando 1,5 segundos à anterior marca, que as próprias tinham obtido nas eliminatórias. O quarteto holandês, que já tinha conquistado o ouro nos 4x200 e 4x100 metros livres, deixou no segundo posto a seleção dos Estados Unidos da América.

A Dinamarca ficou com a medalha de bronze.

No quadro masculino, Markus Deibler foi um dos protagonistas da derradeira jornada. O nadador alemão superiorizou-se nos 100 metros estilos e logo com uma nova melhor marca mundial. Deibler nadou em 50,66 segundos, tirando 5 centésimos ao anterior recorde que pertencia a Ryan Lochte. O norte-americano teve de se contentar com o bronze, ficando atrás do russo Vladimir Morozov.

No que diz respeito aos atletas portugueses, Diogo Carvalho ficou no 16º posto nas eliminatórias dos 200 metros mariposa.

Publicidade

O nadador luso do Galitos percorreu a distância em 1 minuto, 54 segundos e 43 centésimos, ficando acima do tempo da final, que ficou fixado em 1 minuto, 52 segundos e 67 centésimos. Ao longo de toda a competição, Diogo Carvalho obteve ainda um sétimo lugar, nos 200 metros estilos, distância onde bateu o recorde nacional com o tempo de 1 minuto 53 segundos e 70 centésimos, e "carimbou o passaporte" para os Europeus de 2015, nos 400 metros estilos.

Publicidade

Os próximos Campeonatos do Mundo de Natação de Piscina Curta terão lugar em 2016 em Windsor, Ontário, no Canadá.

Leia tudo