Chega ao fim a ligação de Franco Jara ao Benfica. Depois de cinco anos e meio de águia ao peito, o avançado argentino é vendido ao clube do Pireu onde vai ser aposta pessoal de Vítor Pereira. Sem jogar na Luz desde Agosto, a Grécia é a terceira experiência europeia do jogador de Futebol argentino. Depois dos encarnados e do Granada, segue-se o campeão helénico onde o espera um contrato por objectivos.

Não se pode dizer que a saída de Jara do Benfica é uma surpresa. Sem espaço no plantel das águias, esta parecia ser a época de afirmação do argentino, que tinha sido contratado ao Arsenal de Sarandí em 2010/2011 a troco de 5,5 milhões de euros.

Mas depois de ter somado 113 minutos nas duas primeiras jornadas esta temporada, uma lesão afastou de vez as hipóteses do camisola 22 voltar a contar para Jorge Jesus. Depois dos empréstimos a Granada (2011), San Lorenzo (2012) e Estudiantes (2013), sai a título definitivo, a troco de 1,5 milhões de euros, para o campeão e actual primeiro classificado da Grécia. No Olympiakos, Jara tem a responsabilidade de corresponder afirmativamente às expectativas de Vítor Pereira, que vê no argentino o condimento perfeito para o ponta de lança, Kostas Mitroglu.

Num processo claramente regressivo desde que chegou à Europa, Franco Jara viveu no ano de estreia na Luz a época em que mais golos apontou, num total de 11 tentos, entre Primeira Liga, Taça da Liga e Liga Europa. A partir daí, o argentino nunca mais marcou mais do que 4 golos num só ano, estando nesta temporada ainda em branco.

Os melhores vídeos do dia

O grande desafio de Vítor Pereira passará por restabelecer a confiança que Jara há muito parece ter perdido. Os tempos de escassa utilização por parte de Jorge Jesus e o constante "chamamento" à Luz para as pré-temporadas, sabendo desde logo que iria ser dispensado, foi "destruindo" um jogador que tem na raça uma das suas principais ferramentas.

Segundo afirma hoje a imprensa grega, Jara vai assinar um contrato por objectivos com o Olympiakos que passa pelo número de jogos realizados, golos apontados e, claro está, pelas performances dentro do campo. Aos 26 anos, Franco Jara diz adeus à Luz, que foi um verdadeiro martírio para o homem das Pampas, e ingressa no clube do Pireu onde vai jogar no "infernal" Gergios Karaiskakis.