Anúncio
Anúncio

Em Portugal, o futebol é o desporto rei, mas existem várias outras modalidades em que é possível encontrar atletas ao mais alto nível, que mostram o seu valor, elevam a nossa bandeira e aos quais deve ser reconhecido o seu valor! Exemplo disso mesmo é a judoca Telma Alexandra Pinto Monteiro, de Almada. Com uma carreira invejável e um currículo auspicioso, na sua primeira participação nos Jogos Olímpicos de 2004 ganhou em Budapeste a medalha de bronze. No ano seguinte 2005, Telma consagrou-se Bicampeã da Europa (Roterdão) e vice-campeã do Mundo (Cairo) com duas medalhas de bronze.

Em 2007 a atleta assinou contrato com Sport Lisboa e Benfica, e em 2008 participou pela segunda vez nos Jogos Olímpicos em Pequim, contudo a experiência não correu bem, acabando derrotada pela chinesa Xian Dongmei.

Advertisement

Em 2009 a mudança de categoria de 52kg para 57kg trouxe Telma de volta às medalhas. No Campeonato do Mundo de Roterdão trouxe a medalha de prata e no Campeonato Europeu, em Tbilisi, conquistou a medalha de ouro. Seguiram-se medalhas de prata no campeonato Mundial em Tóquio, bronze no Campeonato Europeu em Viena e Prata no Campeonato Europeu em Istambul.

Em 2012 Telma é agraciada com o grau de Oficial da Ordem do Mérito pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, que a condecorou pessoalmente nas Comemorações do 10 de Junho. Nesse ano foi a escolhida para ser a porta-estandarte da comitiva portuguesa, na Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos. No entanto, essa sua participação não correu nada bem, o que se revelou uma profunda desilusão e frustração para a atleta após trabalhar arduamente durante quatro anos para esta prova.

Advertisement
Os melhores vídeos do dia

Mas como nem tudo pode ser mau, nos Europeus de Chelyabinsk na Rússia Telma conquistou a sua quarta medalha de Ouro. No europeu de 2013 em Budapeste Telma conseguiu uma medalha de bronze, e em 2014 voltou a conquistar em Varsóvia uma medalha de ouro, para juntar à medalha de prata que conseguiu no Mundial em Chelyabinsk.

Hoje é a melhor judoca feminina do Mundo nomeada pela Federação Internacional de Judo. A portuguesa Telma Monteiro, com 2136 pontos, superou a francesa Automne Pavia, com menos 26 pontos, sagrando-se assim a primeira classificada no ranking Mundial.