Benfica e ABC de Braga qualificaram-se, na tarde deste sábado, para as meias-finais da Taça Challenge e mantém-se em aberto, a possibilidade de uma inédita final entre equipas portuguesas, uma vez que as duas equipas se mantêm em prova nesta competição europeia de Andebol.

Depois das vitórias na primeira mão da eliminatória, fora de portas, às equipas lusas bastava confirmarem o apuramento. E foi precisamente o que aconteceu. O Benfica até perdeu por um golo, mas tinha vantagem de oito golos do primeiro jogo, e o ABC goleou, no jogo de volta, em Braga. O Benfica recebeu os polacos do Azoty-Pulawy no pavilhão nº 2 da Luz.

Depois da vitória na primeira mão, em que os encarnados triunfaram na Polónia por claros 29-37, neste jogo, com alguma gestão de Mariano Ortega, o Benfica, mais relaxado, perdeu o encontro por 31-32, mas nunca teve a eliminatória em risco.

Aliás, ao intervalo, o Benfica vencia confortavelmente por 18-15. Mas, no segundo tempo, com mais minutos de jogo distribuídos por todo o plantel, o Benfica acabou por permitir a vitória à equipa visitante. Carlos Carneiro, com cinco golos, e António Areia, com quatro, foram os melhores marcadores do Benfica. No Azoty-Pulawy, Nikola Prce foi a grande figura da equipa, com onze golos marcados.

ABC de Braga com vitória "gorda" no Sá Leite

Que o ABC está a fazer uma grande época, já não é novidade. A equipa minhota está apurada para as meias-finais de Taça de Portugal, campeonato e Taça Challenge (a exemplo do Benfica) e continua a encantar os adeptos.

Vídeos destacados del día

Na tarde deste sábado, no pavilhão Flávio Sá Leite, perante 1200 espetadores, o ABC goleou o Riihimäen Cocks, da Finlândia, por 38-27 (19-15 ao intervalo). No primeiro jogo, em Helsínquia, a equipa de Carlos Resende já tinha vencido por 22-27 e, com mais esta goleada, confirmou o apuramento para as meias-finais. Fábio Vidrago, com sete golos, e Nuno Grilo, João Pinto e Hugo Rocha, com quatro golos cada, foram os melhores marcadores da equipa academista.

Meias-finais definidas e agendadas:

O ABC de Braga decide, em dois encontros entre 11 a 19 de Abril, um lugar na final, com o Stord Handball, da Noruega. Enquanto que o Benfica, na mesma data, jogará com o vencedor, ainda por determinar, da eliminatória entre o Zaporozhye, da Ucrânia, e o Odorhei, da Roménia.