Sem Pepe no centro da defesa, forçado a ficar de fora por lesão, e com Fábio Coentrão a jogar no meio campo, Portugal mostrou-se com ambição e com uma grande concentração ao longo dos 90 minutos do jogo, disputado no Estádio da Luz. Com o resultado final em 2-1, Portugal assume a liderança no Grupo I de qualificação para o europeu de Futebol 2016, que se disputa em França.

Os golos do encontro foram da autoria do defesa central Ricardo Carvalho, logo ao minuto 11 do primeiro tempo, que viria a sair pouco tempo depois por lesão sendo substituído por José Fonte, central do Southampton de Inglaterra.

Publicidade
Publicidade

Fábio Coentrão, que se mostrou a bom nível, depois de assistir Ricardo Carvalho no primeiro golo, fez na segunda-parte, aos 63 minutos, o segundo de Portugal - ou por outras palavras, o golo do triunfo português. O médio Matic, ex-jogador do Benfica, marcou para a Sérvia ao minuto 61.

Até ao final, Portugal foi controlando o encontro criando, ainda assim, mais algumas ocasiões de perigo junto da baliza sérvia, defendida por Stojkovic, que já jogou pelo Sporting.

Publicidade

Aliás, houve ainda mais jogadores sérvios que já vestiram a camisola de clubes portugueses, como é o caso de Markovic e Djuricic, ambos antigos jogadores do Benfica e que actualmente actuam pelo Liverpool e Southampton, respectivamente.

Portugal, que esta noite foi orientado por Ilídio Vale, por causa do castigo de dois jogos imposto a Fernando Santos, jogou inicialmente com Rui Patrício; Bosingwa, Ricardo Carvalho, Bruno Alves e Eliseu; Tiago, João Moutinho, Fábio Coentrão e Danny; Nani e Cristiano Ronaldo.

Jogaram também José Fonte, Ricardo Quaresma e William Carvalho.

A Sérvia comandada por Radonvan Curcic apresentou-se com o seguinte onze: Stojkovic; Basta, Ivanovic, Nastasic e Kolarov; Matic, Tadic e Petrovic; Ljajic, Mitrovic e Markovic. Tosic, Djuricic e Skuletic também disputaram minutos neste encontro.

Na próxima terça-feira Portugal mede forças, no Estoril, com a selecção de Cabo Verde num encontro de carácter amigável e em que a receita obtida irá na sua totalidade servir para ajudar as vitimas do vulcão, na Ilha do Fogo. Um jogo em que Fernando Santos já poderá sentar-se no banco de Portugal.

Do outro lado, para além de vários jogadores que jogam ou jogaram em Portugal, está uma equipa comandada pelo antigo internacional luso, Rui Águas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo