Advertisement
Advertisement

Foi uma noite de sonho pintada de encarnado. A equipa de voleibol de seniores masculinos do Benfica recebeu e venceu esta quarta-feira, dia 25, a equipa italiana do CMC Ravenna por claros 3-0 com os parciais de 25-20, 26-24, 25-19. Numa grande exibição dos pupilos de José Jardim, as águias vão agora para a segunda mão desta meia-final da Taça Challenge com a vantagem máxima. O jogo de domingo, dia 29, vai ser de casa cheia no pavilhão dos transalpinos. A equipa lusa tem de vencer pelo menos dois sets para carimbar a inédita passagem à final desta competição europeia.

Num Pavilhão nº2 da Luz ao rubro e com cerca de 1300 adeptos nas bancadas, o Benfica deu um passo de gigante rumo ao jogo da final. Frente a um histórico do voleibol europeu que tem no seu palmarés três Ligas dos Campeões (1992, 1993 e 1994) a tarefa não se adivinhava fácil para os encarnados que somavam vitórias em todas as partidas realizadas na Taça Challenge.

Advertisement

Com uma entrada algo trémula em quadra, as águias foram para a primeira paragem técnica em desvantagem no marcador (6-8). O regresso ao jogo trouxe um Benfica revigorado que arrancou a partir daí para uma partida a roçar a perfeição, vencendo o primeiro set por 25-20.

Frente ao actual sétimo classificado da liga italiana - uma das mais fortes da Europa na modalidade de voleibol - os encarnados mantiveram a bitola e voltaram a vencer o segundo set, desta feita com um parcial ainda mais equilibrado de 26-24. Com 2-0 de vantagem as águias estavam cada vez mais perto de voltar a escrever novo capítulo de sonho nesta caminhada europeia. Atrás no marcador, a turma de Waldo Kantor ainda tentou voltar à disputa pelo triunfo mas foi novamente o seis da Luz que voltou a brilhar, vencendo o terceiro e derradeiro set por claros 25-19.

Advertisement
Os melhores vídeos do dia

Era o explodir de alegria no Pavilhão encarnado.

Numa época que promete ser de sonho, em que as águias já conquistaram a Supertaça, a Taça de Portugal e estão na final do campeonato nacional, também na Europa o Benfica continua a dar cartas e está cada vez mais perto de chegar a uma final, algo inédito no voleibol da Luz. A segunda mão em Itália promete ser uma verdadeira "batalha". Num ambiente que se prevê muito hostil em que já foram vendidos cerca de 2500 bilhetes, a turma de José Jardim terá de vencer pelo menos dois sets em território transalpino. O primeiro passo está dado, o outro está marcado para domingo às 18 horas.

Ficha de jogo

Benfica 3-0 Ravenna (25-20, 26-24, 25-19)

Jogo no Pavilhão N.º 2 do Estádio da Luz

Benfica: Roberto Reis, Ivo Casas (L), Hugo Gaspar, Marc Honoré, Flávio Cruz e Ricardo Aviz. Jogaram ainda João Oliveira, Flávio Soares e Juan Diaz.

Treinador: José Jardim.

CMC Ravenna: Maximiliano Cavanna, Enrico Guarienti, Jani Jeliazkov, Rafail Koumentakis, Renan Zanatta e Andrea Bari (L). Jogaram ainda Stefano Mengozzi, Enrico Cester, Riley McKibbin e Klemen Cebulj.

Treinador: Waldo Kantor.