'Tudo fácil, tudo bonito. Até parece fácil o Futebol', era assim que Jorge Perestrelo resumia por vezes os golos e jogadas vistosas nos vários encontros de futebol que narrava. E provavelmente, se estivesse vivo e o narrasse, era assim que classificaria a final da Taça da Liga francesa de futebol de ontem, entre o Paris Saint-Germain e o Bastia. Os avançados Zlatan Ibrahimovic e Edinson Cavani marcaram por duas ocasiões, cada um, resolvendo em definitivo o embate a favor da formação parisiense.

Publicidade
Publicidade

Esta foi a quinta vez que o PSG conquistou esta competição. O jogo decorreu no Stade de France, em Saint-Denis. 



Após uma semana bastante atribulada, na qual se ficou a saber do castigo de quatro jogos ao avançado sueco, Ibrahimovic deu uma excelente resposta no relvado do Stade de France, que se encheu para ver este importante jogo. A primeira parte ficou marcada pelos dois golos do possante avançado sueco mas também pela expulsão, aos 20 minutos, do defesa central da equipa da Córsega, Sébastien Squillaci.

Publicidade

Na segunda parte, o internacional uruguaio, Edinson Cavani, entrou a meia hora do fim, e ainda foi a tempo de marcar dois tentos que culminaram no resultado de 4x0 a favor do PSG.

É de relembrar que, na próxima quarta-feira, o PSG volta a ter um jogo bastante importante. Desta feito, o adversário será o gigante espanhol, FC Barcelona, num jogo a contar para a primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. O já citado avançado internacional pela Suécia, Zlatan Ibrahimovic, que foi expulso na eliminatória anterior, com o Chelsea, não irá jogar este encontro.

O PSG entrou inicialmente com Nicolas Douchez; Sèrge Aurier, Thiago Silva, Marquinhos e Maxwell; Javier Pastore, Blaise Matuidi, Marco Verratti; Adrien Rabiot, Zlatan Ibrahimovic e Ezequiel Lavezzi. Jogaram ainda Yohan Cabaye, Lucas Moura e Edinson Cavani.

Já o Bastia apresentou-se com o seguinte onze: Alphonse Aréola; Gilles Cioni, Sébastien Squillaci, François-Joseph Modesto, Julian Palmieri; Marange, Yannick Cahuzac, Guillaume Gillet, Ryad Boudebouz; Gael Danic e Giovanni Sio.

Mathieu Peybernes, Floyd Ayité e Brandão somaram minutos neste encontro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo