Depois da derrota na Madeira, o FC Porto regressou ás vitórias nesta segunda-feira contra o Estoril-Praia. A jogar em casa, ambiente favorável à equipa, o FC Porto via-se obrigado a ganhar perante a vitória do Benfica nesta jornada. Neste jogo, o FC Porto encontrou um Estoril extremamente defensivo e muito pouco perigoso, praticamente não chegando perto da baliza na qual Fabiano voltou a ser titular esta noite.

No FC Porto, com Tello lesionado, Ricardo Quaresma voltou à titularidade fazendo um brilharete e mostrando que vale todos os elogios que tem recebido, inclusive por parte do treinador Lopetegui, fazendo dois golos e duas assistências.

Com Danilo a jogar pelo flanco direito, Ricardo Quaresma foi essencial na realização de cruzamentos para a área. Ao minuto 33, num desses cruzamentos, Óliver apareceu junto ao segundo poste, e com o ombro fez o primeiro golo para o FC Porto. A seguir, Aboubakar remata junto da baliza e, se não fosse o jogador do Estoril Bruno Miguel a impedir a passagem da bola atirando-se para o chão, era assim o segundo do Porto. Com controlo total no jogo por parte do azuis e brancos, minutos antes do intervalo Ricardo Quaresma faz mais um magnifico cruzamento, desta vez encontrando Aboubakar que se encontrava no mesmo local onde Oliver tinha feito o primeiro golo, fazendo assim o 2-0 ao intervalo.

Por isso, na segunda parte o FC Porto continuou com a liderança total no jogo, fazendo de Fabiano quase um mero espetador.

Vídeos destacados del día

No minuto 51, Filipe Gonçalves fez um grande penalidade sobre Brahimi, sendo Ricardo Quaresma quem rematou á baliza fazendo o Estoril temer o terceiro golo. Aos 70 minutos, foi a vez do capitão Danilo, já com contrato assinado o Real Madrid, que não hesitou e fez uma fantástica jogada fazendo assim o 4-0. No final da partida, Matheus pede falta junto à área do Estoril, o árbitro consente, é é o Mustang a rematar e a carimbar o quinto golo para os dragões. O FC Porto teve uma noite mágica no Dragão e continua assim na corrida pela titulo.