Nelson Oliveira, da equipa Lampre, venceu esta tarde a 13ªetapa da Volta aEspanha em bicicleta. O português da equipa Lampre, companheiro de equipa de Rui Costa, chegou isolado à meta instalada em Tarazona. O ciclista da Lampre chegou com um minuto de vantagem sobre todos os adversários e subiu ao 30º lugar da classificação geral.Segundo o jornal desportivo Record, o ciclista da Lampre esteve envolvido desde sempre na fuga do dia, que contava com 24 ciclistas. A 30 quilómetros da chegada a Tarazona Nelson Oliveira decidiu partir isolado em busca de uma vitória na Volta aEspanha, a primeira para a sua equipa na edição deste ano.

Numa grande jogada estratégica o português conseguiu distanciar-se de todos os ciclistas e conquistar uma vantagem que foi possível gerir até final, sem nunca ser ameaçado pelo pelotão. No final da etapa, Oliveira conquistou a vitória com uma distância folgada para o grupo de perseguidores, com um minuto de vantagem. O pelotão acabaria por perder para o ciclista da Lampre 4 minutos e 48 segundos.

Graças à sua primeira vitória numa das três grandes voltas do circuito mundial, o português conseguiu subir algumas posições na classificação geral da Vuelta.

O bicampeão nacional de contra-relógio subiu seis posições e é agora o 30º colocado, a 28 minutos e 26 segundos do ainda líder Fabio Aru, da equipa Astana.

Na classificação geral, André Cardoso, da Cannondale-Garmin, continua a ser o melhor português ao ocupar o 18º lugar, a 10 minutos e 19 segundos do italiano que comanda a Volta aEspanha. José Gonçalves e Ricardo Vilela, ambos da Caja Rural, estão no 33º e 37º lugares, respectivamente. Quatro lugares mais atrás, no 41º lugar, Tiago Machado, da Katusha, fecha as hostes lusas na prova espanhola.

O último português a vencer uma etapa na Volta aEspanha foi Sérgio Paulinho na edição de 2006 da prova. Este ano o mesmo ciclista ficou para a história da prova, mas não pelos melhores motivos, depois de ter sido abalroado por uma das motas da TVE. No lote de vencedores de etapas na Volta aEspanha estão também Joaquim Agostinho, José Sousa Cardoso, Alves Barbosa, João Lourenço e João Rebelo de Jesus.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo