Cristiano Ronaldo está de regresso ao topo dos mais bem pagos do mundo. O craque foi ultrapassado nas últimas temporadas, mas está agora novamente no top 3, um pódio que divide com Leo Messi e Neymar, os mesmos que o acompanharam na última gala da FIFA que elegeu os melhores jogadores do mundo. Ou seja, os melhores jogadores do mundo são também os mais bem pagos, neste momento. A diferença é mesmo na posição dos jogadores. É que, ao contrário do top dos melhores do mundo, Cristiano Ronaldo não está em primeiro, mas sim em terceiro, agora que tem um novo contrato com a Juventus, de acordo com o jornal espanhol As.

Cristiano Ronaldo em 3º lugar

Após assinar com a Juventus, Cristiano conseguiu um salário anual de 30 milhões de euros, mais nove milhões do que estava a receber no Real Madrid.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal news

Os seus ganhos no clube espanhol teriam sido um dos problemas que levaram à rutura entre o internacional português e a direção merengue. Cristiano tinha um contrato até 2022, mas não estava a ser atualizado no salário – ele que já tinha sido o mais bem pago do mundo no Real Madrid, alguns anos antes.

Supostamente, o jogador teve várias promessas de melhorias salariais que nunca foram confirmadas pelo clube espanhol.

O jogador foi superado, com os aumentos de Messi e o novo contrato de Neymar no PSG, mas acima de tudo, teve o seu contrato superado por vários jogadores de outros campeonatos, incluindo o chinês. Jogadores como Oscar, Alexis Sanchez, Mezut Ozil, Lavezzi e Griezmann estavam a ser melhor remunerados do que o português, que continua a impressionar pelos números aos 33 anos.

Cristiano voltou a ser um dos melhores da temporada. Foi o segundo melhor marcador da liga espanhola e o melhor da Liga dos Campeões, prova que voltou a vencer. Tudo indica que o capitão da seleção portuguesa voltará a estar entre os melhores do mundo, este ano, e também por isso ele acreditava que merecia um salário mais condizente com a sua realidade desportiva.

Os melhores vídeos do dia

Ou seja, com o que ele contribui para a equipa sempre que entra em campo.

Neste top 10 dos mais bem pagos do mundo faltam ainda alguns nomes que poderiam entrar na lista. É o caso, por exemplo, de Andres Iniesta. O jogador espanhol saiu para o Japão, mas desconhece-se ainda o valor do seu contrato, que poderia entrar neste top. De acordo com o jornal As, o espanhol terá um contrato a rondar os 27 milhões de euros anuais, o que o eleva ao 4º lugar deste ranking, mas os dados ainda não são oficiais.

Ranking dos maiores salários do futebol

1. Messi (ARG) Barcelona (ESP), 40 milhões de euros

2. Neymar (BRA) PSG (FRA), 36 milhões de euros

3. Cristiano Ronaldo (POR) Juventus (ITA), 30 milhões de euros

4. Óscar (BRA) Shanghai SIPG (CHI), 24 milhões de euros

5. Alexis (CHI) Man. United (ING), 23 milhões de euros

6. Griezmann (FRA) Atlético (ESP), 23 milhões de euros

7. Ozil (ALE) Arsenal (ING), 23 milhões de euros

8. Lavezzi (ARG) Hebei Fortune (CHI), 22 milhões de euros

9. Hulk (BRA) Shanghai SIPG (CHI), 20 milhões de euros

10.

Mbappé (FRA) PSG (FRA), 18 milhões de euros

11. Pogba (FRA) Man. United (ING), 17 milhões de euros