Nesta semana, no dia 17 de setembro, o Barcelona marcou a data histórica. Cumpriram-se precisamente 18 anos sobre a chegada de Lionel Messi ao clube. No mesmo dia, mas em 2000, um menino argentino chamado Lionel chegava à La Masia, e depois é a história que se conhece. Na altura, poucos poderiam imaginar que 18 anos depois, aquele menino seria o melhor e mais titulado da história do clube catalão, mas depois de todo este percurso, o jornal espanhol Marca reúne os 18 melhores momentos nestes 18 anos de Messi em Barcelona.

1) Primeira inscrição de Messi (2001)

É uma das primeiras imagens de Messi no Barça. É o cartão que o inscrevia na La Masia, como jogador do Barcelona.

Por essa altura, ele tinha 13 anos e uma licença provisória, como indica o cartão. Rapidamente passou a efetivo e 18 anos depois ainda não arredou pé do clube que lhe deu a oportunidade de jogar futebol na Europa.

2) Uma equipa para a história (2002)

Messi fez parte da melhor geração da formação da La Masia, entre os nascidos em 1987. Na equipa, começaram juntos nomes que ficariam para a história do clube, como Piqué, Fàbregas e Messi. Amigos desde os primeiros passos em Barcelona, Messi e Piqué continuam juntos e Fàbregas, no Chelsea, continua a ser melhor amigo dos dois.

Esta equipa, ainda na formação, ganhou tudo e sem perderem um jogo.

Os melhores vídeos do dia

Mais tarde, jogaram juntos na equipa A, onde se juntariam outros nomes importantes da formação mas de outros anos, como Xavi, Iniesta, Pedrito ou Busquets.

3) Estreia na equipa A (2003)

Foi em Portugal que Lionel Messi se estreou com a equipa principal do Barcelona. Tinha apenas 16 anos e 145 dias quando foi chamado por Frank Ryjkaard para que o mundo o começasse a conhecer. Foi num jogo amigável, com o FC Porto, na inauguração do Estádio do Dragão no dia 16 de Novembro de 2003.

Oficialmente, Messi só se estreou em 2004, num encontro do campeonato contra o Espanhol de Barcelona.

4) Primeiro golo oficial com o Barcelona (2005)

Messi é, atualmente, o maior goleador da história do Barcelona, e um dos melhores da história do futebol.

No entanto, foi em maio de 2005 que ele marcou o seu primeiro golo na equipa principal. O marco histórico aconteceu contra o Albacete, após um passe fenomenal de Ronaldinho Gaúcho. Messi, na cara do golo, picou a bola com grande classe sobre o guarda-redes.

Um grande golo de Messi que foi muito celebrado por toda a equipa. Eles já sabiam quem era Messi.

5) O primeiro hat-trick contra um rival especial (2007)

Depois de marcar o primeiro golo, Messi foi-se tornando um especialista na arte de desfeitear guarda-redes. E o seu primeiro hat-trick chegou aos 19 anos, no Camp Nou. O rival não poderia ser mais especial: foi contra o Real Madrid, que tinha na baliza Iker Casillas, que atualmente defende a baliza do FC Porto.

6) Um golo como Maradona (2007)

Foi em Abril de 2007, e Messi tinha ainda 19 anos, quando todos perceberam que o menino argentino do Barcelona era realmente especial. Ele fez um golo a lembrar Maradona no Mundial de 1986. Contra o Getafe, Messi fez um golo inesquecível.

7) O começo da era dourada (2009)

Foi em 2009 que Messi jogou a sua primeira final da Liga dos Campeões. Em 2006 ele foi campeão, mas uma lesão impediu-o de disputar a final. Três anos depois, com 21 anos, foi com uma exibição de gala e um memorável golo de cabeça que Messi celebrou o título da Liga dos Campeões.

Na final, em Roma, o Barcelona derrotou o Manchester United no primeiro de muitos duelos entre Messi e Cristiano Ronaldo, e marcou o início da melhor era da história do Barça, com Guardiola. Nesse ano, o Barça tornou-se a primeira equipa a conquistar seis títulos numa temporada.

8) A primeira Bola de Ouro (2009)

Aos 22 anos, o argentino venceu a sua primeira Bola de Ouro, depois de uma temporada memorável. Entre os finalistas, Messi superou Cristiano Ronaldo e o colega de equipa Xavi Hernández. Antes, Messi já tinha dois pódios. Em 2007 tinha ficado no 3º lugar, quando Kaká venceu, e em 2008 ficou em 2º lugar, atrás de Cristiano Ronaldo.

9) Exposição magistral em Wembley (2011)

Foi um dos melhores jogos da história do Barcelona. Na final da Liga dos Campeões, o Barcelona derrotou o Manchester United (3-1), em Wembley, numa partida memorável. Por essa altura, Messi e o Barça dominavam a Europa do futebol.

10) Cinco golos na Champions (2012)

Numa noite que fica para a história, Messi marcou cinco golos contra o Bayer Leverkusen, nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões de 2012. O Barça ganhou 7-1, mas a noite foi de Leo Messi, com um feito inédito, ao marcar cinco golos num encontro da Liga dos Campeões. Messi precisou de apenas 59 minutos para marcar os cinco golos.

11) Melhor marcador num ano civil (2012)

Em 2012, Messi terminou o ano com 91 golos, batendo o recorde de maior número de golos num ano civil, um feito que parece irrepetível. O argentino fez 69 jogos e marcou 79 golos pelo Barcelona e 12 pela seleção argentina.

12) Melhor marcador da La Liga (2014)

Foi em 2014 que Messi continuou a somar recordes, ao superar Telmo Zarra no topo dos melhores marcadores da La Liga. Na altura, o melhor registo de sempre pertencia a Zarra, com 251 golos e, atualmente, Messi já soma 387 golos no campeonato espanhol, um recorde que também parece que levará muitos anos a ser batido.

13) A quarta Champions de Messi (2015)

Em Berlim, Messi conquistou a sua quarta Liga dos Campeões, que foi também a quinta do Barcelona em toda a história, para que se perceba a era dourada que o Barça tem vivido com Messi. Orientados por Luis Enrique, o Barça ganhou a final à Juventus (3-1),. depois de ter deixado pelo caminho o Manchester City, PSG e Bayern de Munique.

14) A quinta bola de ouro (2015)

Depois de ter conquistado quatro Bolas de Ouro consecutivas (2009 - 2012), o que nunca ninguém antes tinha feito, Messi viu Cristiano Ronaldo somar duas distinções individuais e só voltou a ganhar em 2015. Depois de mais uma temporada magistral, Messi deixou para trás Cristiano Ronaldo e Neymar na votação final.

15) O penálti 'à Cruyff' (2016)

Na vitória contra o Celta de Vigo, Messi imitou o gesto de um dos maiores ídolos da história do Barcelona, como jogador e treinador, Johan Cruyff. Em vez de converter a grande penalidade, como todos estavam à espera, Messi passou a bola para o lado, para Luis Suárez finalizar.

16) A 'remontada' contra o PSG (2017)

Num dos jogos mais emocionantes da história, o Barcelona viveu uma noite épica contra o PSG, na Liga dos Campeões. Depois de ter perdido por 4-0 em Paris, o Barça deu a volta no Camp Nou, impondo-se por 6-1. A foto de Messi pendurado nas grades da bancada do Camp Nou foi uma das imagens do ano e ficou na memória de todos.

17) Messi desafia o Bernabéu (2017)

Mais uma imagem memorável. Messi resolveu um grande clássico com o Real Madrid, no Santiago Bernabéu. Já nos minutos finais, Messi fez o 3-2 com um golaço e nos festejos deixou mais uma imagem icónica. Messi tirou a camisola e mostrou-a a todos no estádio do Real Madrid.

18) O jogador com mais títulos na história do Barça (2018)

Já este ano, Messi conseguiu mais um recorde. O argentino viveu o período dourado do Barça, mas sempre acompanhado por Andres Iniesta. Agora, com a saída do espanhol, Messi destacou-se como o jogador com mais troféus da história do Barcelona. Estava empatado com Iniesta, mas depois da vitória na Supertaça com o Sevilha, Messi somou o 33º título e deixou Iniesta para trás.