Pavel Nedved foi durante muitos anos uma das grandes estrelas da Juventus e continua, no final da carreira como futebolista, ligado ao clube italiano no papel de vice-presidente. Em declarações à imprensa checa, Nedved revelou como aconteceu, na verdade, a contratação de Cristiano Ronaldo. A Juventus surpreendeu a todos com a assinatura do internacional português e agora o checo contou como tudo aconteceu, e como a Juve percebeu que poderia desviar o internacional português do Real Madrid, depois de nove temporadas de grande sucesso no colosso espanhol. Nedved recordou o episódio que levou o melhor jogador do mundo de 2017 para Turim, em declarações à IdnesTV, da República Checa, de onde ele é natural, e sabe que fizeram a "coisa certa".

A importância de Cristiano Ronaldo na Juventus

Durante muitos anos, Pavel Nedved foi um dos melhores jogadores da Juventus e percebe agora toda a importância de terem uma estrela como Ronaldo no clube. A verdade é que a procura pelo campeonato italiano está a crescer desde que o internacional português chegou a Turim. As pessoas voltaram a vibrar com o futebol italiano, e a camisola 7 da Juventus é a mais vendida na Itália.

Nedved sabe que ter o melhor jogador do mundo dá um novo fôlego à Juventus, ele que também mereceu essa distinção, em 2003, quando recebeu a Bola de Ouro. Apesar da Juventus estar a dominar o futebol italiano há muitos anos, a direção do clube quer mais do que isso, e a chegada de Cristiano Ronaldo abriu os horizontes para novos objetivos.

Especialista da Liga dos Campeões

Apesar de ter 33 anos, Cristiano chega com um novo fôlego, especialmente para a Liga dos Campeões, a prova mais desejada em Turim.

Os melhores vídeos do dia

Há muitos anos que o clube italiano não conquista a prova máxima do futebol europeu de clubes e os diretores do clube sabem da importância do maior especialista da Champions, para devolver a esperança.

Ronaldo já venceu a prova cinco vezes, em dois clubes diferentes (Manchester United e Real Madrid) e é destacadamente o melhor marcador da prova, com 120 golos. Por isso, a sua chegada tem toda uma importância para o clube que, na temporada passada, caiu na Champions precisamente frente a Cristiano Ronaldo, que marcou três golos na eliminatória que opôs o Real Madrid à Juventus, incluindo o espetacular golo de bicicleta que deixou os adeptos da Juve a aplaudi-lo nas bancadas.

A decisão de contratarem Ronaldo

Agora, Nedved recordou como tudo aconteceu e como a Juventus conseguiu garantir o ex-avançado do Real Madrid. "Tudo começou na cabeça do nosso diretor desportivo, o Fabio Paraticci", contou Nedved, relembrando que estavam em casa quando Paraticci fez a sugestão a Nedved e ao presidente Agnelli.

Nedved diz que ficaram logo animados pela ideia e quando ouviram o valor da cláusula, de 100 milhões de euros, souberam logo que isso era a "coisa certa" a fazer e avançaram para a transferência: "Foi a contratação necessária para darmos mais um passo, depois de vencermos sete Ligas consecutivas, tentaremos vencer a Liga dos Campeões. É o nosso objetivo".