Foi revelada uma história muito curiosa sobre o passado de Cristiano Ronaldo. Nos tempos do Manchester United, quando Ronaldo estava a dar os primeiros passos de uma carreira única, os seus colegas brincavam com a sua ambição, mas também vaidade. Sobre Cristiano Ronaldo, conhecem-se várias características como a capacidade de trabalho, a ambição desmedida em ser sempre o melhor, mas também alguma vaidade e muitos cuidados com a sua aparência. E foi sobre isso mesmo que o internacional inglês Peter Crouch revelou agora em livro sobre o craque da Juventus.

Cristiano Ronaldo 'mais bonito' do que Messi

O agora avançado do Stoke City contou um episódio de há muitos anos, quando Cristiano era ainda a estrela da Premier League.

Já na altura, Ronaldo batia recordes no Manchester United, sagrava-se vencedor da Liga dos Campeões e ganhava a sua primeira Bola de Ouro. No entanto, ele estaria ainda longe de sonhar como a sua vida iria mudar, depois da saída para o Real Madrid, onde continuou a ganhar ainda mais troféus e distinções individuais.

Entretanto, Ronaldo igualou Leo Messi no número de Bolas de Ouro, mas parece que a 'rivalidade' já vem de muito antes. Nesse episódio, agora revelado por Peter Crouch, Ronaldo contava aos colegas que era "mais bonito do que Messi", enquanto se olhava, despido, em frente ao espelho.

Colegas ripostavam que Messi era 'melhor'

Crouch revelou a história que lhe foi contada por Rio Ferdinand, colega e amigo de Ronaldo no Manchester United durante seis temporadas, e que partilhava balneário com Crouch na seleção.

Os melhores vídeos do dia

O episódio foi revelado por Crouch no seu novo livro "Como ser um jogador de futebol" e explica bem a rivalidade do internacional português com Leo Messi, e ainda os seus hábitos no balneário, quando estava na Inglaterra, mas que não ficava sem resposta dos colegas do Manchester.

De acordo com Peter Crouch, o ex-defesa inglês Ferdinand contou-lhe que Cristiano Ronaldo ficava sem roupa em frente ao espelho, a passar as mãos pelo cabelo e a dizer: "Uau. Eu sou tão lindo".

Os outros jogadores achavam piada a essa vaidade do português, mas não deixavam passar o momento, sem o provocar: "Isso não importa, o Messi é melhor do que tu", ao que o português encolheria os ombros, antes de voltar ao ponto inicial do seu raciocínio: "Ah sim, mas o Messi não é tão bonito como eu".

Quando Crouch se 'apaixonou' pela mulher de Xabi Alonso

Esta é uma das histórias mais curiosas do novo livro de Peter Crouch, que conta ainda o episódio em que o avançado chegou ao Liverpool e, instalado no hotel, achou que uma "linda mulher" que trabalhava no hotel poderia estar interessada nele.

O jogador partilhou com os colegas que ia avançar pela bonita morena, de aparência espanhola, e Jamie Carragher continuou a incentivá-lo e para ele contar aos colegas todos o que estava a acontecer.

O problema da paixoneta de Crouch é que a bonita mulher era, na verdade, a comopanheira de Xabi Alonso, estrela do Liverpool, e estava a trabalhar no hotel para se adaptar à nova língua, uma vez que estava a chegar da Espanha para acompanhar Xabi na nova aventura.