A lesão de Leo Messi contra o Sevilha não conseguiu disfarçar mais um caso no clube. E foi precisamente no momento seguinte à lesão do jogador que tudo aconteceu. Viveram-se momentos de impasse após o craque argentino tombar no relvado e o Camp Nou fez um silêncio impactante, enquanto o jogador era assistido. Apesar dos médicos estarem a tentar recuperar Messi para o jogo, Valverde deu imediatamente indicação a Ousmane Dembélé para este aquecer para ir a jogo. E foi aí que se deu o problema de que todos falam em Barcelona.

Entre o momento em que Messi se lesionou e Dembélé entrou em campo passaram-se mais de dez minutos, um tempo muito longo em que o Barça jogou reduzido a dez unidades.

Contra um adversário valoroso como o Sevilha, o Barça esteve mais de dez minutos a jogar em inferioridade numérica, o que poderia ter sido comprometedor.

Lesão de Messi trouxe mais um 'caso'

As culpas estão a ser apontadas para Dembélé, que teria sido muito lento em todo o processo. Não só Dembélé demorou a chegar perto de Valverde para ouvir as instruções, como perdeu ainda mais tempo a apertar as chuteiras, o que não tinha feito antes da partida. Esta é uma das razões que estaria a deixar os colegas irritados com a postura do jovem francês.

De acordo com o jornal AS, alguns jogadores teriam ficado "à beira de um ataque de nervos" com esta atitude de Dembélé e, no final do jogo, Ivan Rakitic meteu o dedo na ferida. "No futuro, temos que nos preparar para fazer as substituições mais rapidamente.

Os melhores vídeos do dia

Devemos estar preparados de antemão e fazer a mudança o mais rápido possível. Hoje jogamos muito tempo com um jogador a menos", disse o croata, no final do encontro, visivelmente incomodado com o que aconteceu.

Messi caiu aos 15 minutos de jogo e Dembélé só entrou aos 25 e, apesar de Valverde ter esperado para ver a evolução de Messi, a verdade é que o jogo não parou e o Barça poderia ter tido problemas com toda esta demora. Agora, é a postura relaxada demais de Dembélé que está a ser posta em causa.

Depois de entrar em campo, são os problemas que se conhecem. Por muita qualidade que Dembélé empreste ao jogo, o craque acaba por irritar colegas e adeptos por atrasar jogadas com dribles desnecessários e por perder muitas bolas, segundo o jornal AS.

Dembélé continua a gerar desconfiança

Esta é mais uma confusão com Dembélé no centro da questão. O jovem francês, que chegou do Borussia de Dortmund, na temporada passada, é a segunda contratação mais cara da história do clube, mas continua sem se impor.

Depois de um bom início de temporada, Dembélé voltou a perder terreno e contra o Sevilha até chegou a ser assobiado pelos adeptos. O jogador poderá ter agora um papel importante na ausência de Messi e reassumir uma posição importante na equipa. No entanto, ele ainda é olhado com desconfiança, e a sua postura mais desconcentrada continua a preocupar.

O jogador é acusado de se agarrar muito à bola e acabar por a perder facilmente, prejudicando a equipa, e alguns colegas já estariam a perder a paciência com ele. De acordo com o site Diario Gol, Rakitic e Suárez têm repreendido o jogador, mesmo em campo, por causa das suas ações mais displicentes. E parece que a paciência pelo jogador está a esgotar-se.