Paul Pogba continua com vida difícil no Manchester United. O treinador José Mourinho tirou-lhe a braçadeira de vice-capitão, confirmando os rumores de que a relação entre os dois não está bem. Ficou evidente para todos que existe uma cisão entre treinador e jogador, e o pior para o Manchester United é que os resultados continuam sem aparecer. Nesta última semana, a equipa inglesa foi eliminada da Taça por uma equipa da 2ª divisão, o Derby, e no fim de semana o Manchester somou mais uma derrota para o campeonato, ao perder 3-1 com o West Ham. Vida difícil e Pogba poderá estar cada vez mais perto da saída.

Manchester em dificuldades

Em apenas seis jornadas, o Manchester está em 10º lugar do campeonato, a nove pontos dos líderes Manchester City e Liverpool, que têm um jogo a mais.

A época não está a correr bem e a contestação cresce em redor do treinador português. Desconhece-se ainda se Mourinho será capaz de terminar a época num clube tão exigente quanto o de Manchester, mas quem parece mais perto da saída é Paul Pogba.

Desde a temporada passada que se percebeu que o relacionamento entre Mourinho e Pogba não era o melhor, mas apesar disso continuaram os dois no clube. No encontro da Taça, Pogba não foi convocado e foi visto a rir na bancada enquanto a sua equipa estava em campo, em dificuldades.

No dia seguinte, Mourinho teria confrontado Pogba se ele ainda estaria feliz com a eliminação da sua equipa, e as imagens captadas pelo vídeo revelam grande tensão. Depois disso, Pogba perdeu a braçadeira, mas voltou a merecer a confiança de Mourinho para jogar de início.

Os melhores vídeos do dia

Pogba pode forçar a saída

Apesar do mal-estar, o francês jogou de início contra o West Ham, mas acabou por ser substituído a 20 minutos do final. Pogba poderá ser um dos nomes mais falados do próximo mercado de transferências, em janeiro. O jogador não estará feliz em Manchester, de acordo com o Don Balón, e serão vários os clubes europeus interessados na sua contratação.

Na linha da frente, estarão Juventus e Barcelona, sendo que os espanhóis seriam os mais destacados nesta corrida. De acordo com o site Don Balón, o maior problema seria o salário. O campeão do mundo francês tem um salário anual de 24 milhões de euros no Manchester, o que iria desregular toda a linha salarial do clube catalão.

O Barça teria, no mínimo, que igualar esse salário para convencer Pogba e, assim, o francês iria ganhar mais do que Busquets, Coutinho, Rakitic ou Suárez. Apenas Leo Messi ficaria a ganhar mais, o que poderia causar problemas internos no clube.

De acordo com o Don Balón, Pogba terá, no entanto, uma ideia diferente. O jogador quer mesmo sair do Manchester United e sonha em jogar ao lado de Leo Messi e companhia. Por isso, o plano poderia passar perfeitamente por baixar o salário. Segundo a imprensa espanhola, o médio poderá estar disposto a baixar o seu salário e perder dinheiro para se mudar para Barcelona.