A France Football revelou o nome dos 30 finalistas para a Bola de Ouro, o prestigiado galardão que a revista francesa entrega ao melhor jogador do mundo. Num ano atípico na distinção dos melhores jogadores, e que está a marcar a quebra da hegemonia de Cristiano Ronaldo e Leo Messi, a revista quis saber a opinião dos leitores e do público em geral. A Bola de Ouro sairá da votação dos jornalistas e, depois de Luka Modric ter ganho o prémio de melhor da UEFA e o The Best, o melhor da FIFA, aparece novamente como favorito, apesar de alguns jogadores franceses campeões do mundo também terem algum favoritismo. Certo é que a France Football perguntou aos leitores quem merecia ganhar e as respostas não teriam sido as mais esperadas.

Favoritos à vitória da Bola de Ouro

Depois de alguns anos em que a Bola de Ouro foi atribuída pela France Football e pela FIFA, num só galardão, este prémio mudou recentemente. Agora, a FIFA entrega o The Best, este ano a Modric, e a France Football vai entregar a Bola de Ouro em Paris. Messi e Ronaldo estão empatados, com cinco Bolas de Ouro cada um, mas apesar de estarem entre os 30 finalistas, é esperado que este ano, depois das outras atribuições individuais, não seja entregue a nenhum deles.

Porém, parece que não é, de todo, essa a opinião dos fãs de futebol. Luka Modric conquistou a Liga dos Campeões e foi um dos melhores do Real Madrid e foi também eleito o melhor jogador do Mundial da Rússia. O jogador foi determinante na surpreendente campanha da Croácia até à final do campeonato do mundo, o que o tem destacado na luta pelos prémios individuais.

Os melhores vídeos do dia

No entanto, muitos criticaram a ausência de franceses nas listas dos melhores do mundo, uma vez que foi a França a campeã do mundo. Nomes como Antoine Griezmann, Kylian Mbappé e até Raphael Varane ganham alguma margem de favoritismo, agora que o prémio é atribuído pela revista francesa.

France Football pergunta aos fãs

Após anunciar os 30 finalistas, a revista France Football questionou os fãs, numa sondagem, quem seria o merecedor da Bola de Ouro. E as opiniões dos adeptos não se fizeram tardar. Inicialmente, as preferências recaíram sobre Mohamed Salah que, à passagem dos 200 mil votantes, levava vantagem sobre Leo Messi, mas depois o argentino destacou-se nas opiniões.

Certo é que após a votação de 700 mil leitores, Leo Messi liderava a sondagem com 48% das preferências, contra os 31% de Salah. Cristiano Ronaldo surgia na 3ª posição, com apenas 8% dos votos. Luka Modric aparecia ainda mais distante, com apenas 2% das preferências.

Entretanto, a votação ainda continuou com Messi cada vez mais disparado na liderança.

O jogador ainda chegaria aos 50% das votações, em mais de um milhão de votantes. E, de repente, para espanto de todos, a sondagem desapareceu.

A France Footaball retirou a sondagem do seu site quando Messi liderava destacado. E são muitos os fãs que falam em 'boicote' contra Messi. Afinal, o argentino liderava as preferências quando a revista decidiu, estranhamente, suspender e eliminar toda a votação sem qualquer justificação para o sucedido.