Gonzalo Higuaín não contava ter deixado a Juventus nesta temporada. O avançado argentino estava no clube há duas épocas e as coisas corriam-lhe bem, sendo o melhor marcador da equipa nestes últimos dois anos. No entanto, a chegada de Cristiano Ronaldo teria sido decisiva para apressar o seu final no clube, como o próprio confirmou ao jornal La Gazzetta dello Sport. Higuaín lamenta ter saído desta forma, empurrado pela Juventus, mas garante que não guarda ressentimentos.

Higuaín não queria sair da Juventus

Higuaín não esperava, nem queria sair da Juventus. No entanto, o craque percebeu tudo quando Cristiano Ronaldo chegou ao clube.

Inicialmente, as coisas ainda pareciam poder funcionar, mas a Juventus teria sido muito clara com o argentino. "Quando o Cristiano chegou, o clube quis dar um salto de qualidade, e disseram-me que eu não poderia ficar e que estavam a tentar encontrar uma solução. A melhor solução foi o Milan", contou o craque, resignado, à Gazzetta dello Sport.

A Juventus teria sido muito clara com Higuaín, alertando logo que ele não poderia coexistir com Cristiano Ronaldo e, como tal, a melhor solução seria encontrar uma saída para o argentino, que passou pelo Milan, onde se está a integrar muito bem.

Apesar da saída não ter sido da forma que Higuaín estava à espera, o craque, de 30 anos, garante que não está magoado e que não procura vingança contra a Juve: "Só sinto afeição porque sempre me trataram muito bem.

Os melhores vídeos do dia

Os meus companheiros de equipa e os adeptos sempre me trataram muito bem, mas eu nunca pedi para sair. Basicamente, eles deram-me um pontapé".

Higuaín já tinha coincidido com Ronaldo no Real Madrid, e também acabou por sair. Afinal, são os dois avançados e lutam pelo mesmo espaço. Na altura, relançou a carreira no Nápoles, onde esteve três anos até assinar pela Juventus.

Agora, foi emprestado ao Milan, com opção de compra de 36 milhões de euros, numa transferência, que incluiu o regresso de Leonardo Bonucci à Juventus. A adaptação corre bem ao argentino que em sete jogos já marcou seis golos.

Juventus continua a realizar temporada perfeita

A Juventus, por sua vez, está a fazer um arranque de temporada fantástico. A equipa já estava a dominar o campeonato italiano nos últimos anos, mas esta temporada, a equipa está ainda mais consistente. Cristiano Ronaldo já leva quatro golos, mas a equipa parece mais coesa e confiante, possivelmente moralizada com a chegada do astro português.

O principal objetivo será a conquista da Liga dos Campeões, prova que foge aos de Turim desde 1996 e daí a aposta em Cristiano Ronaldo, um dos maiores especialistas da prova, e que vem de vencer três Champions consecutivas com o Real Madrid.

Para já, a Juve vai somando bons resultados e ainda não cedeu qualquer ponto, nem no campeonato, nem na Liga dos Campeões, numa prova absolutamente perfeita.