Leo Messi está a debelar uma lesão no braço, que o deixa fora de jogo, mas muito atento ao que se passa. Nesta quarta-feira, o astro argentino esteve no Camp Nou a assistir ao primeiro encontro depois da sua lesão. Na bancada, sentou-se ao lado do filho Thiago e pôde confirmar a sua opinião: Arturo Vidal faz falta ao Barça. No jogo da Liga dos Campeões contra o Inter de Milão, o experiente chileno foi chamado a jogo e trouxe a segurança que Messi lhe reconhece. Foi esse um dos motivos para o Barça o segurar, quando muito se fala da possibilidade de Vidal sair já em janeiro. No entanto, Messi quer manter o chileno, porque acredita que poderá ser fundamental nesta Liga dos Campeões, e terá travado a sua saída, de acordo com o site Don Balón.

Messi quer a Champions

Leo Messi fez a promessa no jogo de apresentação aos sócios. O capitão de equipa prometeu que o objetivo desta temporada seria conquistar a Liga dos Campeões, e levar a 'orelhuda' para o Camp Nou. E a verdade é que o astro argentino começou a prova muito empenhado e nos dois primeiros jogos marcou cinco golos.

Falhou o terceiro, por lesão, e falhará também o quarto. No entanto, o Barça está bem na prova e já soma nove pontos em três jogos. Uma competição perfeita, até ao momento, que deixa Messi consciente de que é mesmo possível. Por isso, o craque mantém os seus objetivos claros: esta temporada, a Liga dos Campeões é o objetivo.

Vidal pode ser decisivo

E é nesse sentido que Messi sabe que todos os jogadores serão necessários, especialmente os mais experientes.

Os melhores vídeos do dia

Para o argentino, Arturo Vidal poderá ser muito importante mais para a frente na prova.

Todas as equipas sofrem sempre com lesões, desgastes físicos numa temporada longa. E o Barça não vai querer ganhar só a Champions. A equipa está habituada a ganhar o campeonato espanhol, que já lidera, neste momento. Depois, terão ainda a taça do Rei e o plantel terá que se desdobrar por todas as provas.

Por isso, Messi teria pedido, de acordo com o site Don Balón, que Vidal continuasse, apesar da direção estar mais inclinada em vendê-lo, em janeiro. O chileno não se impôs na equipa e, na falta de minutos, começou com as manifestações de desagrado contra o treinador. As reações de Vidal preocuparam Valverde e a direção, mas Messi confia no chileno e sabe que a sua experiência e poderio físico podem ajudar nos encontros mais apertados, como já aconteceu contra o Inter de Milão, nesta quarta-feira.

Vidal esteve na final de 2015 com a Juventus e foi semifinalista com o Bayern de Munique, nas edições de 2016/17 e 2017/18. Ou seja, apesar de nunca ter vencido, Vidal é dos jogadores com mais experiência na competição, e por isso, a equipa vai tentar segurá-lo, apesar de alguma contestação, mesmo entre os adeptos.