Cristiano Ronaldo deu uma entrevista à revista France Football e não fugiu às questões sobre a Bola de Ouro. É a prestigiada revista francesa que vai entregar o prémio ao melhor jogador do mundo, prémio esse que volta a ter em Cristiano um dos favoritos à vitória. O internacional português, de 33 anos, contou que acredita merecer ganhar a sexta Bola de Ouro na sua carreira, mas fez uma análise aos seus rivais, nomeando os principais favoritos na sua opinião. E Cristiano acabou por deixar o argentino Messi fora da corrida, e acredita que, este ano, o argentino não o vai desafiar pelo prémio.

Cristiano Ronaldo exclui Messi da corrida

Cristiano Ronaldo admite que, este ano, a corrida pela Bola de Ouro está mais aberta e que tem mais candidatos do que normalmente, em que a decisão é entre ele e Leo Messi.

Foi assim nos últimos dez anos, com os dois astros do futebol a dividirem o prémio entre os dois, mas este ano, tudo parece ter mudado.

Luka Modric ganhou os prémios de melhor do mundo para a UEFA e para a FIFA e volta a ser candidato na eleição da France Football. No entanto, o croata do Real Madrid não será o único adversário de Cristiano nesta luta, que também aponta os campeões do mundo franceses. Além da revista ser francesa, o que pode beneficiar a eleição a favor dos jogadores da 'casa', mas também porque alguns deles, como Raphael Varane, Antoine Griezmann e Kylian Mbappé fizeram temporadas excelentes nos seus clubes, que terminaram, então, com a vitória no campeonato do mundo na Rússia.

Certo é que, para Ronaldo, Messi não deverá entrar nas contas este ano. "Eu não sei se Messi vai estar no pódio desta vez", disse o astro português, em declarações à France Football.

Ronaldo indica os favoritos ao prémio

Ronaldo marcou 44 golos pelo Real Madrid, na temporada passada, tendo ajudado de forma decisiva à conquista da terceira Liga dos Campeões consecutiva para os espanhóis.

Os melhores vídeos do dia

Na retina, ficou ainda um golo espetacular, em Turim, frente àquela que viria a ser a sua futura equipa, a Juventus.

Cristiano marcou um golaço, num pontapé de bicicleta, na vitória por 3-0 do Real sobre a Juventus, na caminhada até à final da Champions, que acabariam por vencer frente ao Liverpool por 3-1. Cristiano foi também o melhor marcador da Champions.

No campeonato do mundo, com a seleção de Portugal, Cristiano até começou muito bem, com um hat-trick contra a Espanha, mas não conseguiu evitar que a equipa fosse eliminada logo nos oitavos-de-final, contra o Uruguai, o que o pode prejudicar perante outros jogadores.

São esses os casos de Varane, Griezmann, Mbappé e Modric, mas também Salah poderá ser candidato à vitória na bola de Ouro, na opinião de Cristiano Ronaldo. O craque egípcio chegou lesionado ao Mundial, mas fez uma grande temporada ao serviço do Liverpool, o que o pode colocar com boas chances nesta disputa.