Dani Alves continua a ser o jogador que deu mais assistências para golo de Leo Messi. Além de uma belíssima associação em campo, os dois jogadores sul-americanos levam ainda uma excelente relação fora de campo. Atualmente, o lateral-direito do Brasil joga no Paris Saint-Germain e em entrevista à Sky Sports revelou o segredo da sua boa ligação em campo com Messi. No fundo, o brasileiro garante que o segredo é "dar a bola" a Messi, que depois o argentino arranja maneira de resolver.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal news

Dani Alves contou ainda que entendimento com Messi começou logo que ele chegou a Barcelona e que foi o argentino quem o ensinou a perceber o que era o futebol total e o seu significado.

Dani Alves é o melhor 'assistente' de Messi

Dani Alves jogou oito temporadas com Messi, no Barcelona. O lateral-direito brasileiro chegou de Sevilha em 2008 para se juntar à equipa do Barça. O jogador conta agora que desde o início se começou logo a entrosar muito bem com o argentino e, ainda hoje, é o jogador que deu mais assistências a Messi, apesar de já ter saído do Barça há dois anos e meio.

O brasileiro, de 35 anos, saiu do Barça por sua iniciativa e esteve uma temporada na Juventus, antes de se mudar para Paris, onde continua ao lado de estrelas como Neymar, Thiago Silva ou Mbappé.

Mesmo depois de deixar o Barça, Alves continua amigo de Messi e fica orgulhoso por deter esse recorde de assistências para o melhor marcador da história do futebol espanhol.

Segredo era passar-lhe a bola

No Barcelona, Dani Alves encontrou um estilo de jogo diferente, em que assim que a bola chegasse aos seus pés, ele sabia que deveria passá-la imediatamente a um colega.

Os melhores vídeos do dia

Era assim o jogo de equipa, receber e passar a bola. E o lateral encontrou muitas vezes em Messi o seu recetor favorito.

O brasileiro sabia que a melhor solução era passar a bola a Messi e justifica dessa forma a boa parceria dos dois. "Eu fiz tudo o que pude para servi-lo, para ter certeza de que ele estava feliz e para ter certeza de que ele tinha sempre a bola, que é o que ele mais gosta", revelou o astro brasileiro à Sky Sports.

Dani Alves contou ainda que a felicidade de Messi sempre foi ter a bola e o brasileiro entendia isso perfeitamente: "É como uma criança quando recebe o primeiro presente e brinca com isso o dia todo. E eu estava encarregado de garantir que a bola estivesse sempre nos seus pés".

Boa relação desde o início

O defesa do PSG recorda que a sua boa relação com Messi foi quase imediata. "Foi muito estranho porque desde o dia em que cheguei ao Barcelona, ​nós tivemos essa conexão muito estranha, de uma maneira positiva", disse Dani Alves, explicando depois que eles se entenderam em campo, desde o primeiro momento, como se jogassem juntos há muito tempo: "Sabíamos exatamente onde o outro estava".

Messi e Dani Alves conquistaram três títulos da Liga dos Campeões, três Mundiais de clubes e o campeonato espanhol por seis vezes durante os oito anos que o brasileiro esteve em Barcelona.