Depois do Mundial de 2018, Leo Messi combinou com a seleção argentina que iria fazer uma pausa nos compromissos internacionais. O craque afastou-se da seleção nestes jogos amigáveis e testes de preparação que a equipa tem realizado, mas deverá regressar no próximo ano, quando a competição oficial regressar. O jogador deverá fazer parte da convocatória para a Copa América. Na ausência de Messi, outros jogadores aproveitaram para se mostrar, nomeadamente as estrelas mais apagadas na seleção, Mauro Icardi e Paulo Dybala, sendo que o avançado do Inter até deixou um recado a Messi nas declarações à imprensa argentina no final do jogo.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal news

Icardi e Dybala estrearam-se a marcar

A Argentina já terminou a competição para este 2018. Depois de toda a turbulência do Mundial na Rússia, a seleção reencontrou alguma estabilidade com o treinador interino Lionel Scaloni, que até poderá continuar como treinador no próximo ano.

Alguns jogadores mostraram-se muito satisfeitos com o trabalho do novo treinador.

Depois da vitória por 2-0 sobre a seleção do México, muitos defendem que o treinador conseguiu motivar novamente a equipa e que incluiu os jogadores mais jovens, mexendo bem na equipa.

Quem parece ter aproveitado bem a oportunidade foram as estrelas do campeonato italiano, Icardi e Dybala. Os dois jogadores já há muito que estão entre os melhores, mas na seleção, nunca conseguiram mostrar o seu valor. Contra o México, Icardi abriu o caminho da vitória, fazendo o seu primeiro golo com a camisola da Argentina, logo aos dois minutos de jogo. Dybala fechou a contagem do marcador ao marcar o 2-0, aos 86 minutos de jogo, e foi também o seu primeiro golo com a sua seleção.

São dois dos melhores marcadores do campeonato italiano, mas só agora se estrearam a marcar pela Argentina, o que diz muito sobre as suas participações na seleção.

Os melhores vídeos do dia

Icardi deixa alfinetada a Messi

Talvez pela alegria de ter marcado o seu primeiro golo, no final do jogo, Icardi acabou por revelar demais, e parece ter deixado um recado a Leo Messi. "Quando chegava à seleção antes, não sentia o que sinto hoje. Não havia muito companheirismo ou amizade. Agora somos todos jovens, começamos de baixo e queremos dar o nosso melhor", disse o jogador do Inter de Milão no final da partida.

Na Argentina, essas palavras foram interpretadas como um ataque a Leo Messi, o capitão da seleção, que está ausente desde o campeonato do mundo.

As declarações de Icardi foram vistas como um ataque a Messi, isso depois de muito se ter falado que o avançado do Inter não jogava na seleção por causa do jogador do Barça, o que foi sempre negado por todos na Argentina.

A verdade é que Icardi foi um dos jogadores que ganhou a confiança do treinador interino, Lionel Scaloni, isso depois de nem ter sido convocado para o campeonato do mundo.