O jogo ainda não tinha começado e os jogadores da seleção de Israel já deixavam uma boa imagem. Num momento que captou a atenção, os jogadores perceberam que as crianças que os acompanharam na entrada em campo estavam com frio e, durante a cerimónia dos hinos, os atletas tiraram os seus casacos para protegerem as crianças do frio. As condições atmosféricas eram visivelmente adversas em Glasgow, na Escócia. O vento e o frio estavam a incomodar as crianças e a atenção que os jogadores israelitas lhes dispensaram aqueceu a noite gelada de Glasgow.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal news

Gesto ternurento da seleção de Israel

O jogo era entre Escócia, a equipa da casa, e Israel, para a Liga das Nações, e os jogadores da equipa visitante trataram de garantir que as jovens mascotes, o nome dado às crianças que acompanham as equipas nas entradas em campo, se mantinham quentes e confortáveis.

Enquanto soavam os hinos, a marcar o arranque oficial da competição, os jogadores perceberam o desconforto dos pequenos, com as condições climatéricas que se faziam sentir, e ofereceram-lhes os seus agasalhos.

Pouco depois de entrarem em campo, um dos jogadores desapertou o fecho do casaco e enrolou-o à volta da criança que estava à sua frente, com aspeto enregelado. E os seus compatriotas imitaram-lhe o gesto, fazendo o mesmo, num momento muito bonito, que só engrandece a modalidade.

A atitude desta seleção está a valer-lhes muitos elogios e, nas redes sociais, são muitas as pessoas a comentarem estas imagens, que rapidamente se tornaram virais na internet.

“Os jogadores de Israel a entregarem os seus casacos às mascotes que tremiam de frio é mais uma prova de que o futebol é sempre mais do que apenas um jogo", escreveu um utilizador do Twitter, enquanto que uma outra mulher recorreu à mesma rede social para partilhar opinião semelhante: "Os jogadores de Israel a darem os seus casacos às crianças, durante os hinos nacionais, para garantir que eles estavam quentes, fizeram a minha noite! Claramente, queriam ter a certeza de que as crianças estavam bem - são as pequenas coisas!".

Os melhores vídeos do dia

Escócia venceu o jogo

Na mesma noite, mas num outro jogo, o médio brasileiro Willian teve um gesto igual, de acordo com o jornal Daily Mail. O jogador brasileiro do Chelsea participou na vitória do Brasil sobre os Camarões, por 1-0, e durante os hinos também deu o casaco à criança que o acompanhava, num gesto igualmente bonito.

Na Escócia, além da atitude enternecedora da equipa visitante, há ainda a registar a vitória dos escoceses, por 3-2, com uma noite inesquecível para James Forrest. O extremo do Celtic de Glasgow marcou um hat-trick e foi decisivo para que a sua seleção terminasse no primeiro lugar da Liga das Nações C e, desta forma, foi promovida para a Liga B.