Kylian Mbappé é, indiscutivelmente, um dos melhores da temporada. O astro do Paris Saint-Germain está a fazer uma época sensacional e poucos se lembram que o atacante tem apenas 19 anos, tal a maturidade do seu jogo. Depois de ter conquistado todas as competições internas com o PSG, Mbappé também ganhou o campeonato do mundo com a França, o que o coloca entre os favoritos para vencer a Bola de Ouro. Além disso, o francês não vê os eternos candidatos, Cristiano Ronaldo e Leo Messi, como favoritos este ano.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal news

Mbappé considera que os dois dominadores da Bola de ouro, nos últimos dez anos, continuam a ser os melhores do mundo, mas o jovem francês acredita que, este ano, o campeonato do mundo vai fazer a diferença.

No entanto, para Mbappé, a década de domínio de Messi e Ronaldo ainda não terá fim em 2018. "Não, porque o fim só será quando houver alguém que faça melhor e ninguém faz melhor agora (risos)", revelou o jovem do PSG, em declarações à agência AFP.

Mbappé acha que Mundial vai fazer a diferença

Por isso, Mbappé teve que justificar a sua resposta. O jovem, de 19 anos, não acredita que nenhum entre Ronaldo e Messi ganhem esta Bola de Ouro, apesar de saber que ainda não existe nenhum jogador melhor do que eles. Mbappé acredita que o campeonato do mundo vai fazer a diferença este ano. E nenhum dos dois astros mundiais foi muito longe na prova.

Portugal, de Cristiano, e a Argentina, de Messi, foram eliminadas nos oitavos-de-final e alguns jogadores estiveram em claro destaque ao serviço das suas seleções.

Os melhores vídeos do dia

Nomes como Mbappé, Varane, Griezmann, Modric ou Hazard podem levar alguma vantagem na hora da entrega do prémio da France Football, que distingue o melhor jogador do mundo.

Até ao momento, o croata Luka Modric, jogador do Real Madrid, tem levado a vantagem nos prémios individuais, mas como a revista é francesa, a Bola de Ouro até poderá ser para um dos campeões do mundo do país.

"Messi foi o melhor marcador da Europa (Bota de Ouro) e Ronaldo da Liga dos Campeões, mas francamente, eu acho que fizemos algo grande (ganhar o Mundial), seria uma pena que um francês não ganhasse", considerou Mbappé à AFP.

Mbappé analisa as suas chances

Quando questionado se ele acredita poder vencer o prémio, Mbappé mostrou humildade na resposta, apesar de se assumir como candidato: "Eu não sei, eu fiz tudo o que podia, mas não posso votar pelas pessoas (risos)", contou o jogador que considera ter feito uma excelente temporada, mas que o objetivo é fazer sempre melhor, etapa a etapa.

Mbappé revelou ainda que os seus dois golos contra a Argentina, no campeonato do mundo, foram um grande momento na sua carreira, na vitória por 4-3 sobre a seleção de Leo Messi. "Uma vitória contra Messi, um dos melhores jogadores de todos os tempos, e a França depois ser campeã do mundo, acho que fica na história", considerou a jovem estrela do futebol francês.