Em entrevista ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport, Cristiano Ronaldo revelou muito sobre a sua nova vida na Juventus. O astro português trocou o Real Madrid pela equipa de Turim no início desta temporada e mostra-se muito satisfeito com a sua decisão. De tal forma que ele até 'pediu' a Leo Messi para se juntar a ele no campeonato italiano. O jogador português sugeriu que Messi deixasse o campeonato espanhol e o Barcelona para experimentar um novo campeonato, o italiano. "Talvez o Messi sinta a minha falta", disse o internacional português sobre a sua saída da La Liga.

Publicidade
Publicidade

Um 'desafio' para Messi

Cristiano Ronaldo transferiu-se para a Juventus do Real Madrid no último verão, por 100 milhões de euros. Muito bem recebido em Turim, o craque rapidamente se entrosou com a equipa e já leva onze golos em 19 jogos pelo colosso italiano.

No entanto, a saída do capitão da seleção portuguesa de Madrid deixou um vazio no clube e no campeonato espanhol. Durante nove anos, o jogador protagonizou uma rivalidade mais direta com Leo Messi que, desta forma, chegou ao fim.

Questionado se estava a sentir saudades de Messi, o português não demorou na resposta. "Não, talvez ele sinta a minha falta. Eu joguei na Inglaterra, Espanha, Itália, Portugal, na seleção nacional, enquanto ele ainda está na Espanha", disparou Cristiano Ronaldo, antes de deixar o desafio.

Ciente de que tomou a melhor decisão ao tentar uma nova experiência, num novo campeonato, Cristiano Ronaldo deixou o convite ao argentino: "Que faça como eu, que aceite o desafio.

Publicidade

No entanto, se ele está feliz lá, eu respeito, ele é um jogador fantástico, um bom rapaz, mas eu não sinto falta de nada aqui. Esta é minha nova vida e sou feliz".

Messi feliz e 'em casa' no Barça

A verdade é que Messi só jogou futebol profissional no Barcelona e na seleção argentina, enquanto Cristiano já está no quarto clube da sua carreira.

Já o argentino continua no Barcelona, o clube que lhe abriu as portas aos 13 anos, quando nenhum clube o fez na Argentina.

O pequeno craque sofria com problemas de crescimento e o Barça aceitou pagar-lhe os tratamentos e acolheu o jovem Messi e a sua família, em Barcelona.

Por gratidão ou por se sentir 'em casa' no clube, o certo é que Messi nunca quis deixar o Barça. Aos 31 anos, o jogador tem um contrato até 2021 e ainda não deixou qualquer indicação de se querer mudar de clube.

Cristiano Ronaldo mais fã de mudanças

Aos 33 anos, Cristiano Ronaldo parece ser mais fã de desafios e não de juras de amor eternas pelo mesmo clube.

Publicidade

Começou a carreira no Sporting, antes de se mudar para o Manchester United em 2003. Estava dado o primeiro grande passo da sua carreira, que lhe abriu as portas da ribalta.

Cristiano tornou-se uma grande estrela no clube inglês e, em seis temporadas, o português foi três vezes campeão da Premier League e uma da Liga dos Campeões. Seguiu-se a primeira grande transferência da carreira e, por 90 milhões de euros, rumou para o Real Madrid, quando entrou nesta competição direta com Leo Messi em Espanha.

Publicidade

Em nove temporadas, Ronaldo foi duas vezes campeão da La Liga e quatro vezes da Liga dos Campeões.

Agora, na Juventus, as coisas também não poderiam começar melhor para o português. A Juve já leva oito pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o Nápoles, na Serie A, e já sente de muito perto a conquista de um oitavo título consecutivo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo